Donald e Melania Trump testam positivo para Covid-19


Diego Freire, da CNN, em São Paulo
02 de outubro de 2020 às 02:04 | Atualizado 02 de outubro de 2020 às 12:58

O presidente Donald Trump e a primeira-dama Melania Trump testaram positivo para o novo coronavírus. Ele confirmou a informação na madrugada desta sexta-feira (2), em uma postagem no Twitter. A Casa Branca informou que o mandatário apresenta "sintomas leves" da doença. A primeira-dama afirmou na mesma rede social que também tem "sintomas leves, mas no geral está se sentindo bem".

Em 14 de junho, Donald Trump completou 74 anos. Joe Biden, seu adversário nas eleições, que esteve frente a frente com ele no debate presidencial da terça-feira, completa 78 anos em 20 de novembro.

Assista e leia também:
Trump e sua assessora estavam com Covid-19 no debate com Biden? Médicos comentam
Médico diz que Trump está bem e deve manter tarefas de casa após contrair Covid
Trump com Covid-19 deixa mercado tenso; dólar abre em queda

Donald Trump e Melania Trump

Donald Trump e a primeira-dama Melania Trump na Casa Branca

Foto: Reprodução/CNN (27.ago.2020)

"Esta noite, @FLOTUS [Melania Trump] e eu testamos positivo para COVID-19. Começaremos nosso processo de quarentena e recuperação imediatamente. Vamos superar isso JUNTOS!", escreveu.

Horas antes, Trump já havia anunciado que ele a primeira-dama entrariam em quaretena enquanto aguardavam resultados de testes para o vírus que causa a Covid-19. A medida veio após a confirmação de que Hope Hicks, assessora próxima do presidente tinha testado positivo. 

"Hope Hicks, que tem trabalhado tanto sem fazer uma pequena pausa, acaba de testar positivo para Covid-19. Terrível! A primeira-dama e eu estamos aguardando os resultados do nosso teste. Nesse ínterim, começaremos nosso processo de quarentena!" Trump tuitou na quinta à noite.

Assista e leia também:
Diagnóstico de Trump para Covid-19 influencia campanha presidencial nos EUA?
Após Trump anunciar que está com Covid-19, Joe Biden realizará teste nos EUA
Secretário de estado dos EUA e mulher testam negativo para Covid-19

Assessora esteve no debate presidencial

Hicks viajou com o presidente várias vezes recentemente, incluindo para o debate presidencial em Cleveland na terça-feira, e foi vista embarcando no Marine One, junto com vários outros assessores mais próximos do presidente, como Jared Kushner, Dan Scavino e Nicholas Luna – nenhum dos quais usava máscaras –, na quarta-feira, quando Trump se dirigia para um comício de campanha em Minnesota.

"Ela testou positivo, acabei de ouvir sobre isso. Ela testou positivo. Ela trabalha muito. Muitas máscaras, ela usa muito máscaras, mas deu positivo. Então, acabei de fazer um teste. Vou ver – você sabe, porque passamos muito tempo – e a primeira-dama acabou de fazer um teste também. Então, se nos colocamos em quarentena ou se temos [o vírus], eu não sei", disse Trump durante uma aparição por telefone no "Hannity" da Fox News.

Médico diz que Trump deve manter funções de casa

Em um memorando emitido para repórteres durante a madrugada desta sexta-feira (2), o médico de Trump, o comandante da Marinha Dr. Sean Conley, escreveu que recebeu a confirmação dos testes positivos na noite de quinta-feira.

"O presidente e a primeira-dama estão bem neste momento e planejam permanecer em casa, na Casa Branca, durante a convalescença", escreveu Conley.

"A equipe médica da Casa Branca e eu manteremos vigilância vigilante e agradeço o apoio fornecido por alguns dos maiores profissionais e instituições médicas de nosso país", escreveu Conley, sem detalhar que tipo de assistência estava sendo prestada à Casa Branca.

"Fique tranquilo, espero que o presidente continue realizando suas funções sem interrupções durante a recuperação, e vou mantê-los atualizados sobre quaisquer desenvolvimentos futuros", escreveu o médico.

Parentes testam negativo

Ivanka Trump, filha do presidente, e o marido, Jared Kushner, testaram negativo para o novo coronavírus, disseram funcionários da Casa Branca à CNN.

Filho de Trump e Melania, Barron Trump, de 14 anos, também não foi diagnosticado com a doença. "Barron testou negativo e todas as precauções estão sendo tomadas para garantir que ele fique em segurança e saudável", afirmou Stephanie Grisham, chefe de gabinete de Melania Trump. 

(Com informações de Kaitlan Collins, Betsy Klein, Jim Acosta, Paul LeBlanc e Kate Bennett, da CNN, em Atlanta)