Trump diz que entrará em quarentena após assessora testar positivo para Covid-19


Kaitlan Collins, Betsy Klein, Jim Acosta e Paul LeBlanc, da CNN
02 de outubro de 2020 às 00:27 | Atualizado 02 de outubro de 2020 às 00:39
Donald Trump

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump - 28/09/2020

Foto: Carlos Barría/Reuters

O presidente Donald Trump confirmou, na noite de quinta-feira (2), que sua assessora Hope Hicks testou positivo para o novo coronavírus. No mesmo anúncio, Trump informou que ele e a primeira-dama, Melania Trump, iniciarão seu "processo de quarentena" enquanto aguardam os resultados de seus próprios testes.

Pela programação divulgada antes do anúncio da quarentena, Trump deveria comparecer a uma arrecadação de fundos em seu hotel em Washington e viajaria para Sanford, Flórida, para um comício de campanha nesta sexta.

"Hope Hicks, que tem trabalhado tanto sem fazer uma pequena pausa, acaba de testar positivo para Covid-19. Terrível! A primeira-dama e eu estamos aguardando os resultados do nosso teste. Nesse ínterim, começaremos nosso processo de quarentena!" Trump tuitou na quinta à noite.

Leia também:
Estas foram as palavras mais buscadas nos EUA após o debate entre Trump e Biden

E Tem Mais: Biden, Trump e o efeito de um debate com poucas propostas e muito bate-boca

Eleições nos EUA: melhores e piores momentos do 1º debate entre Trump e Biden

Assessora próxima

Hicks viajou com o presidente várias vezes recentemente, incluindo para o debate presidencial em Cleveland na terça-feira, e foi visto embarcando no Marine One, junto com vários outros assessores mais próximos do presidente - Jared Kushner, Dan Scavino e Nicholas Luna - nenhum dos quais usava máscaras, na quarta-feira, quando Trump se dirigia para um comício de campanha em Minnesota.

"Ela testou positivo, acabei de ouvir sobre isso. Ela testou positivo. Ela trabalha muito. Muitas máscaras, ela usa muito máscaras, mas deu positivo. Então, acabei de fazer um teste. Vou ver - você sabe, porque passamos muito tempo - e a primeira-dama acabou de fazer um teste também. Então, se colocamos em quarentena ou se temos, eu não sei", disse Trump durante uma aparição por telefone no "Hannity" da Fox News.

Ele acrescentou: "acabei de fazer um teste e veremos o que acontece, quer dizer, quem sabe ... Passei muito tempo com Hope e a primeira-dama também, e ela é incrível".