Eleições foram as mais seguras da história, defende órgão governamental dos EUA

Em comunicado, altos funcionários do Departamento de Segurança Interna reafirmaram lisura de pleito eleitoral

Da CNN
13 de novembro de 2020 às 14:53


Em comunicado, altos funcionários da Agência de Segurança Cibernética e Infraestrutura dos Estados Unidos, órgão ligado ao Departamento de Segurança Interna do país, defenderam a lisura do processo eleitoral no país.

No texto, os funcionários afirmaram que "a eleição de 3 de novembro foi a mais segura da história" e que autoridades eleitorais estão revisando e checando todo o processo antes de finalizar o resultado. Também foi destacado que não há evidências de que votos tenham sido excluídos, perdidos, alterados ou comprometidos de qualquer forma. 

Leia também:

Fraudes eleitorais nos Estados Unidos são extremamente raras; entenda
Trump não é obrigado por lei a reconhecer a derrota nas eleições
Mourão: 'Como indivíduo, reconheço a vitória de Joe Biden'

O comunicado vai de encontro às alegações de Donald Trump sobre fraude eleitoral, que fez graves acusações sem apresentar provas. No texto, os altos funcionários afirmaram que têm altíssima confiança na segurança e integridade dos processos eleitorais. Manifestantes contrários e pró-Trump planejam, no sábado (14), ir às ruas de Washington em protestos relacionados à apuração dos votos no país.

(Publicado por Leonardo Lellis)