Reino Unido endurece regra para entrada de turista; quem mentir pode ser preso

Países europeus aumentam controle de fronteiras para conter avanço da pandemia e disseminação de variantes do coronavírus

Da CNN, em São Paulo
09 de fevereiro de 2021 às 11:17 | Atualizado 09 de fevereiro de 2021 às 11:18


O secretário de Saúde do Reino Unido, Matt Hancock, anunciou nesta terça-feira (9) o endurecimento das regras para entrada de turistas no país para tentar diminuir as infecções pelo novo coronavírus.

Entre as medidas estão o pagamento de multas e até a prisão para pessoas que desrespeitarem as regras, que envolvem a quarentena obrigatória em hotéis para viajantes com origem em países de maior risco, explicou Hancock, no Parlamento britânico.

"Vamos colocar em prática multas severas para quem não cumprir [as medidas]. Isso inclui uma multa de 1.000 libras (cerca de R$ 7,46 mil) para qualquer chegada internacional que não faça um teste obrigatório", explicou Hancock.

Qualquer pessoa que mentir no formulário de localização de passageiros e tentar esconder que esteve em um país na lista vermelha 10 dias antes de chegar aqui poderá pegar uma pena de prisão de até 10 anos”, completou o secretário.

Ele também explicou como funcionará o sistema de quarentena em hotéis para quem chegar de países com alto risco para infecção por Covid-19.

"Estamos estabelecendo um novo sistema de quarentena em hotel para residentes do Reino Unido e da Irlanda que estiveram em países da lista vermelha nos últimos dez dias", disse Hancock.

Os viajantes ficarão em hotéis designados pelo governo que deverão ser reservados antes da partida e custarão 1.750 libras (cerca de R$ 13 mil) por viajante. Haverá monitoramento de segurança nos hotéis. 

Hancock disse que todos os detalhes da medida serão publicados na próxima quinta-feira (11). O governo britânico disse que já contratou 16 hotéis para os primeiros 4,6 mil quartos que serão usados nessa quarentena e que comprará mais conforme necessário.

Veja um resumo das medidas anunciadas por Hancock:

  • Multa de £ 1.000 (cerca de R$ 7,46 mil) para turistas internacionais que não fizerem teste obrigatório de coronavírus;
  • Multa de £ 2.000 (R$ 14,9 mil) por não realizar um segundo teste; quarentena automaticamente estendida para 14 dias;
  • Multas entre £ 5.000 e £ 10.000 (de R$ 37 mil a R$ 74 mil) por não cumprir quarentena em um hotel designado; possibilidade de ser preso por até 10 anos.
     
Pessoas andam de máscaras pelas ruas no Reino Unido
Foto: REUTERS/Hannah McKay 

(Com informações da Reuters)