Com frio e sem água, texanos queimam móveis e fervem neve

Somente em Austin, capital do estado, o sistema de abastecimento de água perdeu 325 milhões de galões (cerca de 1,2 bilhão de litros) devido a canos quebrados

Travis Caldwell, da CNN
19 de fevereiro de 2021 às 18:16
Carros cobertos pela neve após tempestade no Texas (EUA)
Carros cobertos pela neve após tempestade no Texas (EUA)
Foto: Reuters

Enquanto o Texas começa a reestabelecer a energia elétrica após uma semana devastadora de temperaturas congelantes e tempestades de inverno, o estado enfrenta uma nova crise: a falta  de água para parte da população.

Vazamentos causados por canos congelados prejudicaram o fornecimento de água. Cerca de 13 milhões de texanos, quase metade da população do estado, permaneceram sob alerta na quinta-feira (18) de água fervente vazando pelos canos, de acordo com o diretor executivo da Comissão de Qualidade Ambiental do Texas, Toby Baker. Mais de 700 sistemas de abastecimento de água foram afetados.

Somente em Austin, capital do estado, o sistema de abastecimento de água perdeu 325 milhões de galões (cerca de 1,2 bilhão de litros) devido a canos quebrados, disse o diretor de abastecimento da cidade, Greg Meszaros, durante uma entrevista coletiva na quinta-feira.

"Sabemos que há dezenas de milhares de vazamentos", disse Meszaros. "O corpo de bombeiros disse que respondeu a milhares e milhares de (chamados de) canos estourados", complementou. “É uma quantidade incrível de água. Nunca vi nada parecido antes.”

Embora as temperaturas entre 15ºC e 20ºC devam proporcionar alívio na próxima semana, alguns texanos ainda vão enfrentar outra onda de baixas recordes na noite desta sexta-feira (19) e na manhã de sábado (20). 

Mais de 25 milhões de pessoas estavam sob forte alerta de temperaturas congelantes também na manhã desta sexta-feira (19) em partes do Texas, Oklahoma, Arkansas, Louisiana e Mississippi.

Texas foi um dos estados mais afetados pela neve nos EUA
Texas foi um dos estados mais afetados pela neve nos EUA
Foto: Reuters

Falta de água quente no Texas

Esses acontecimentos colocaram os texanos em circunstâncias terríveis durante toda a semana. Muitas pessoas ferveram neve em busca de água potável e, em alguns casos, por causa da falta de energia elétrica, tiveram que queimar utensílios domésticos para aquecê-la. 

Em Carrollton, ao norte de Dallas, John Mays, Jon Milton Blackburn e seus três filhos não tinham aquecimento ou água em casa desde a manhã de segunda-feira (15). Para abastecer a lareira, a família decidiu quebrar rodapés para se aquecer.

Depois que um encanamento de água quebrou, a família buscou refúgio em uma igreja e expressou sua gratidão pela liderança local, que forneceu estações de aquecimento.

“De qualquer forma, esta foi uma lição de aprendizado maravilhosa para nós sobre como a comunidade é importante e como é importante permanecermos juntos como uma comunidade”, disse Mays. 

Alertas de escassez de água no Texas

As autoridades alertaram durante a noite que, embora a energia tenha sido amplamente restaurada em todo o estado, o abastecimento de água continua especialmente baixo.

O prefeito de Waco, Dillon Meek, pediu a moradores, industrias e comércios que economizassem água devido aos problemas de abastecimento.

Meek disse que todas as empresas deveriam reduzir o consumo de água em pelo menos 50%. Ele também incentivou a lavagem de carros e as lavanderias a permanecerem fechadas no fim de semana. Os restaurantes foram solicitados a usar pratos de papel e outros itens descartáveis em vez de lavar pratos.

“Nossa capacidade de abastecimento de água está extremamente comprometida. No momento, estamos bombeando o máximo que podemos, mas os principais problemas que enfrentamos agora são vazamentos e alta demanda”, disse Meek em uma mensagem de vídeo na quinta-feira. "Estamos bombeando o dobro do nosso uso diário normal."

Se a situação piorar, algumas áreas podem não ter água, a depender da elevação do local e da pressão necessária para fazer chegar água, alertou.

“E se as condições do sistema ficarem ainda piores do que isso, o corpo de bombeiros pode não ter água para combater incêndios”, disse ele. "Nossa equipe municipal desenvolveu e continua a desenvolver métodos alternativos para proteção contra incêndios."

Um corpo de bombeiros perto de San Antonio já passa por essa situação. O chefe do Departamento de Bombeiros Voluntários de Bexar-Bulverde, Jerry Bialick, disse na quinta-feira, enquanto os bombeiros lutavam contra um grande incêndio em um apartamento em San Antonio, que o abastecimento de água era a principal preocupação.

“No momento, o sistema corta-fogo está funcionando muito bem. Nossa principal preocupação é o abastecimento de água”, disse Bialick.

"Falta de preparação"

Muitos dos hidrantes no local estavam congelados e não havia água, disse Bialick. Os moradores tiveram que descer à rua para encher suas bacias com água.

“Esse é o nosso problema. Assim que colocamos um pouco no fogo, ficamos sem água", disse ele. 

Bialick disse à rádio KABB, afiliada da CNN, que os bombeiros devem trabalhar durante a noite. Até o fechamento desta matéria, não havia sido registrado nenhum ferido.

Canos quebrados e o congelamento fora de temporada acabaram por danificar inúmeras residências e prédios comerciais. 

Thomas Black, cidadão de Dallas, compartilhou uma imagem nas redes sociais que viralizou: água congelada pendurada em um ventilador de teto. Black disse na quinta-feira a Chris Cuomo, da CNN, que ele e sua namorada conseguiram resolver o problema depois de receber conselhos de estranhos para ferver a água.

Imagem de ventilador congelado viralizou nas redes sociais
Imagem de ventilador congelado viralizou nas redes sociais
Foto: Twitter/Reprodução

Ele disse que muitos de seus vizinhos tiveram que ir para outras casas que tinham eletricidade. No entanto, manifestou preocupação com a aglomeração por conta da atual pandemia de Covid-19.

"Falta de preparação... nossa infraestrutura simplesmente não está pronta para algo assim", disse Black quando questionado sobre como a água chegou ao ventilador.

Black também postou outras fotos dos corredores do seu prédio, inundados por água vazando do teto e dos armários de uso coletivo, além de água congelada nas entradas dos apartamentos.
Quando questionado sobre por que decidiu postar as imagens nas redes sociais, Black disse: “acho que todo o sangue dos texanos deveria estar fervendo por ser essa a realidade em que vivemos [...] estamos em uma situação ruim e está piorando."

A resposta do governo às tempestades

O governador Greg Abbott anunciou, na noite de quinta-feira, que o estado solicitou uma declaração de desastre do governo federal, que "permitirá que texanos qualificados se candidatem para ajudar a consertar canos quebrados e resolver danos materiais relacionados aos vazamentos", de acordo com um comunicado.

O presidente Joe Biden falou com Abbott sobre as tempestades de inverno na quinta-feira e a Casa Branca disse em um comunicado que o presidente "compartilhou suas intenções de direcionar agências federais adicionais para identificar medidas imediatas que possam ser tomadas para apoiar os texanos."

Abbott também pretende pedir ao Legislativo "que ordene a preparação para o inverno do sistema de energia do Texas, e que o Legislativo garanta os fundos necessários para a preparação para o inverno", segundo o comunicado.

Abbott falou na quinta-feira sobre o Conselho de Confiabilidade Elétrica do Texas (Ercot), que gerencia a rede elétrica do estado e cuida do aquecimento e das falhas de energia para os texanos durante tempestades.

“Eu assumo a responsabilidade pelo estado atual do Ercot. Mais uma vez, acho inaceitável o que aconteceu”, disse ele.

“Já iniciamos o processo para garantir que eventos como este nunca mais aconteçam no Texas, e ele começa com a reforma da agência responsável pela segurança elétrica no Texas, o que não aconteceu esta semana”, disse Abbott.

“Cinco dias antes da chegada da tempestade de inverno, o diretor executivo da Ercot garantiu que 'estamos preparados para as baixas temperaturas que virão’.”

A CNN contatou a Ercot para comentar as últimas declarações do governador.

A agência disse em um comunicado, na quinta-feira, que havia feito "progresso significativo" na restauração da energia durante a noite. No entanto, o frio contínuo afetou a geração de energia do sistema e interrupções rotativas podem ser necessárias nos próximos dias, disse a empresa.

Funcionários do Ercot também disseram que a rede elétrica estava a "segundos ou minutos" de uma falha catastrófica e um blecaute completo, não fossem as interrupções controladas implementadas na segunda-feira.

Cerca de 200 mil clientes ainda estavam sem energia na sexta-feira em áreas que se estendem do centro ao leste do Texas, de acordo com o portal Poweroutage.us, que mostra um mapa atualizado em tempo real sobre o fornecimento de energia nos Estados Unidos. Mais de 3 milhões de interrupções foram relatadas anteriormente durante os picos de tempestade.