Biden aprova declaração de estado de desastre no Texas e encaminha ajuda federal

Estado é um dos mais afetados pelas tempestades de neve que atingem do nordeste ao sul dos Estados Unidos

Weslley Galzo, da CNN, em São Paulo
20 de fevereiro de 2021 às 12:37 | Atualizado 20 de fevereiro de 2021 às 18:13

 

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, aprovou a declaração de desastre no Texas, atendendo ao pedido do governador Greg Abbott. O estado já está em estado de emergência por conta das fortes tempestades de neve que atingem o estado desde o dia 11 de fevereiro.

Ontem, Biden ordenou o envio de assitência federal a mais de 60 condados afetados pela onda de frio intenso e nevascas.

Os recursos oferecidos pelo governo federal poderão ser utilizados na construção de habitação temporária e reparos domésticos, assim como na oferta de empréstimos de baixo custo para cobrir perdas de propriedades não seguradas.

A ajuda financeira também poderá ser alocada em outros programas que visem ajudar indivíduos e proprietários de empresas a se recuperarem dos efeitos do desastre. 

Segundo a nota divulgada pela Casa Branca, o apoio federal será estendido aos governos estaduais de outras regiões atigidas e às organizações privadas sem fins lucrativos que atuam na área. 

Biden aprovou na semana passada o estado de emergência no Texas, no entanto, o agravamento da situação exigiu a destinação de mais recursos ao estado.

O presidente dos Estados Unidos se encontrou na sexta-feira (19) com o administrador da Agência Federal de Gerenciamento de Emergências, Bob Fenton, e, na reunião, declarou a sua intenção de aprovar a declaração de estado de desastre.

Texas foi um dos estados mais afetados pela neve nos EUA
Texas foi um dos estados mais afetados pela neve nos EUA
Foto: Reuters