Aquecimento global será inevitável sem redução na emissão de gases, diz ONU

Documento desenvolvido por várias agências ligadas diz que a sociedade continua atrasada na luta contra o aquecimento global

Denise Odorissida CNN

Em Londres

Ouvir notícia

Será impossível evitar o aquecimento global até o fim do século se não houver uma redução drástica da emissão de gases poluentes nesse momento. A afirmação está no relatório divulgado pelas Nações Unidas.

O documento foi desenvolvido por várias agências ligadas às Nações Unidas e por vários cientistas ao redor do mundo. Este é um dos muitos relatórios que irão orientar as discussões da Conferência do Clima marcada para o fim de outubro, na Escócia.

A conclusão do documento é que a sociedade continua atrasada na luta contra o aquecimento global. Nem mesmo durante a pandemia, com períodos de lockdown e pouco movimento nas grandes cidades, a emissão de gases causadores do efeito estufa parou completamente.

O relatório chegou a constatar uma desaceleração, mas, na média geral, as concentrações na atmosfera continuaram subindo durante 2020 e também ao longo do primeiro semestre de 2021. Portanto, não foi suficiente para reverter o aquecimento global.

Com a volta da economia à normalidade na Europa, os níveis de emissão de gases causadores do efeito estufa já estão no mesmo nível de dois anos atrás. A meta do acordo de Paris era reduzir o aquecimento global em 1,5º, mas o valor pode não ser alcançado.

Mais Recentes da CNN