Biden planeja contatar famílias de militares americanos mortos em atentado

Em pronunciamento após o atentado, presidente dos EUA se dirigiu a essas famílias em seus comentários dizendo 'meu coração dói por vocês'

Presidente dos EUA, Joe Biden, durante pronunciamento na Casa Branca
Presidente dos EUA, Joe Biden, durante pronunciamento na Casa Branca 26/08/2021 REUTERS/Jonathan Ernst

Jeremy Diamondda CNN

Ouvir notícia

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, planeja entrar em contato com as famílias do pelo menos 13 militares norte-americanos mortos no ataque terrorista desta quinta-feira (26) no aeroporto de Cabul, no Afeganistão. A informação foi dada por um alto funcionário do governo dos EUA à CNN Internacional.

Segundo o funcionário, o plano para contatar as famílias já está em andamento. Porém, ele afirma que a Casa Branca trabalha para primeiro garantir que os parentes próximos sejam notificados sobre a morte.

Duas explosões nos arredores do aeroporto de Cabul, no Afeganistão, deixaram mais de 100 mortos e feridos. Horas após os ataques, o Isis-K assumiu a responsabilidade, disse a Agência de Notícias Amaq, ligada ao Estado Islâmico, em seu canal no Telegram.

Além dos soldados norte-americanos, vários guardas do Talibã também foram atingidos e estão entre os feridos, afirmou uma autoridade do grupo islâmico à agência Reuters.

 

Em pronunciamento direto da Casa Branca após o atentado, Biden se dirigiu a essas famílias em seus comentários dizendo “meu coração dói por vocês”.

“Nós sentimos de certa forma, assim como muitos de vocês estão, o que as famílias desses bravos heróis estão sentindo hoje. Você tem a sensação de que está sendo sugado para um buraco negro no meio do seu peito. Não há saída”, disse Biden.

Biden ressaltou no pronunciamento que não vai mudar o plano de evacuação devido ao ataque. Ele pediu um minuto de silêncio às vítimas.

“Meu coração dói por vocês, e eu sei disso, temos uma obrigação contínua, uma obrigação sagrada para todos vocês, para as famílias desses heróis. Essa obrigação não é temporária, dura para sempre”, acrescentou.

(Esse texto foi traduzido, para ler o original clique aqui)

Mais Recentes da CNN