Número de mortos nos ataques em Cabul passa de 100

Entre as vítimas estão mais de 90 afegãos e pelo menos 13 militares americanos; mais de 150 pessoas estão feridas, incluindo guardas do Talibã

Diego Pavãoda CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

Já passa de 100 o número de mortos nas duas explosões suicidas do lado de fora do aeroporto de Cabul, no Afeganistão.

Apesar dos ataques terroristas, as operações de retirada de militares e civis afegãos continuam e chegam à fase final.

Entre as vítimas estão mais de 90 afegãos e pelo menos 13 militares americanos.

Mais de 150 pessoas estão feridas, incluindo guardas do Talibã.

Nos Estados Unidos, o dia deve ser de homenagens aos militares mortos nos ataques, reivindicados por um grupo ligado ao estado islâmico.

Oficiais do Reino Unido avisam que as chances de uma nova ação terrorista estão aumentando à medida que as retiradas chegam ao estágio final.

Mapa do Aeroporto de Cabul, com destaque para o local do ataque/ Reprodução/CNN

O exército britânico deve encerrar as operações nas próximas horas desta sexta-feira (27). Os EUA também pretendem encerrar a retirada antes do prazo final estabelecido pelo Talibã, em 31 de agosto.

Mais Recentes da CNN