Chefe de empresa russa de segurança cibernética é preso acusado de traição estatal

Ilya Sachkov é suspeito de entregar informações a serviços de inteligência estrangeiros e ficará sob custódia durante dois meses; ele nega as acusações

Ilya Sachkov durante evento da empresa; executivo ficará detido por dois meses
Ilya Sachkov durante evento da empresa; executivo ficará detido por dois meses Reprodução / Twitter Ilya Sachkov

Maria Vasilyevada Reuters

Ouvir notícia

O executivo-chefe da empresa russa de segurança cibernética Group IB, Ilya Sachkov, foi detido em Moscou sob suspeita de traição estatal.

Segundo o comunicado de um tribunal de Moscou, Sachkov ficará sob custódia por dois meses.

O executivo é suspeito de entregar informações a serviços de inteligência estrangeiros.

Os escritórios da empresa em Moscou foram revistados por policiais nesta terça-feira (28).

Preso, Sachkov negou as acusações, disse a agência de notícias russa TASS citando uma fonte de segurança.

(escrita por Alexander Marrow e com edição de Andrew Osborn)

Mais Recentes da CNN