Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Chefe do Mossad se reuniu com premiê do Catar sobre libertação de reféns israelenses, diz fonte

    David Barnea, diretor da agência de espionagem Mossad de Israel, já se encontrou com líder catariano; conversa era esperada para este fim de semana

    David Barnea participa de cerimônia de guarda de honra do novo chefe militar de Israel, Herzi Halevi, no Ministério da Defesa de Israel em Tel Aviv, em janeiro
    David Barnea participa de cerimônia de guarda de honra do novo chefe militar de Israel, Herzi Halevi, no Ministério da Defesa de Israel em Tel Aviv, em janeiro Amir Cohen/Reuters

    Alex Marquardtda CNN

    Tel Aviv

    A reunião entre David Barnea, diretor da agência de espionagem Mossad de Israel, e o primeiro-ministro do Catar, Mohammed bin Abdulrahman bin Jassim Al-Thani, esperada para este fim de semana, já foi realizada. A informação foi confirmada à CNN neste domingo (17) por uma fonte próximo ao encontro.

    As discussões, segundo aliados, têm por objetivo continuar as tratativas sobre a libertação de reféns pelo Hamas. Barnea faria uma viagem a Doha no início da última semana, mas o governo israelense optou por cancelar o encontro.

    O encontro foi planejado antes das Forças de Defesa de Israel (IDF) matarem acidentalmente três reféns israelenses em Gaza na sexta-feira (15), mas o incidente acrescentou urgência às conversas.

    Na quinta-feira (14), um responsável israelense disse à CNN que o gabinete de guerra considerava que “as condições não são adequadas” para tentar reiniciar as conversações.

    O Catar e os EUA têm trabalhado para tentar ressuscitar as negociações, com novas propostas apresentadas para libertar mais dos mais de 100 reféns em Gaza.

    Uma trégua no mês passado trouxe a primeira pausa nos combates após semanas de conflito, e viu reféns israelenses – na sua maioria mulheres e crianças – trocados por prisioneiros palestinos.