China confirma que todos a bordo de avião da China Eastern morreram em acidente

Havia poucas esperanças de encontrar qualquer sobrevivente; equipe de busca ainda procura a segunda caixa preta

Montagem do Boeing 737 da China Eastern Airlines que caiu com 132 pessoas no dia 21 de março de 2022
Montagem do Boeing 737 da China Eastern Airlines que caiu com 132 pessoas no dia 21 de março de 2022 Reprodução/CNN

Reuters

Ouvir notícia

A China confirmou neste sábado (26) que todos os 132 passageiros e tripulantes a bordo do avião da China Eastern Airlines que caiu esta semana morreram.

O voo MU5735 ia de Kunming à cidade portuária de Guangzhou na segunda-feira quando despencou de altitude de cruzeiro em uma área de floresta na região de Guangxi.

Havia poucas esperanças de encontrar qualquer sobrevivente.

Falando a repórteres no sábado, Hu Zhenjiang, vice-diretor da Administração de Aviação Civil da China, confirmou que não há sinais de vida no local do acidente e que todos os 123 passageiros e nove tripulantes morreram, disse a mídia estatal.

A equipe de busca ainda procura a segunda caixa preta.

(Reportagem de Dominique Patton, Ryan Woo e ny Wang; reportagem adicional de Jamie Freed)

Mais Recentes da CNN