Cinzas de vulcão provocam fechamento do aeroporto de La Palma, na Espanha

Outros aeroportos no arquipélago das Ilhas Canárias permaneceram abertos; segundo autoridades, o vulcão ficou 'ainda mais agressivo' nesta semana

Emma Pinedoda Reuters

Ouvir notícia

As cinzas do vulcão Cumbre Vieja, que continua em erupção, forçaram as autoridades de La Palma a fechar o aeroporto da ilha nesta quinta-feira (7), disse a operadora de tráfego aéreo espanhola Aena.

“O aeroporto de La Palma está inoperante devido ao acúmulo de cinzas. Os protocolos estabelecidos estão sendo aplicados. A segurança é a prioridade”, disse Aena no Twitter.

Outros aeroportos no arquipélago das Ilhas Canárias permaneceram abertos, segundo as autoridades.

O vulcão começou a expelir jatos de lava incandescente em 19 de setembro, devastando centenas de prédios e fazendas e forçando a evacuação de milhares.

A companhia aérea CanaryFly informou que os voos desta quinta-feira estão suspensos temporariamente. “Esta nova suspensão temporária de operações afeta, por enquanto, apenas os voos desta quinta-feira, dia 7, e apenas os voos de e para La Palma”, diz o comunicado.

Nesta semana, o Cumbre Vieja ficou ainda mais agressivo após vários dias de erupção, de acordo com o Instituto Geográfico Nacional (IGN) da Espanha.

O primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sanchez, prometeu mais de US$ 238 milhões (equivalente a mais de R$ 1 milhão) em ajuda à ilha.

(Edição de Andrei Khalip)

Mais Recentes da CNN