Com ventos de 185 km/h, furacão Laura evolui para categoria 3 a caminho do Texas

Fenômeno se intensificou rapidamente durante a noite e esta manhã em sua passagem pelo Golfo do México

Ouvir notícia

Com ventos de 185 km/h, o Laura agora é um furacão de categoria 3, informou o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos nesta quarta-feira (26).

O fenômeno se intensificou rapidamente durante a noite e esta manhã em sua passagem pelo Golfo do México, e provavelmente ganhará ainda mais força.

Os especialistas acreditam que o Laura se tornará um furacão de categoria 4 (quando os ventos atingem uma velocidade mínima de 210 km/h) ainda nesta quarta, ficando extremamente perigoso antes de tocar o solo nesta noite perto da fronteira dos estados do Texas e Louisiana.

Assista e leia também:
Ciclone, tufão, furacão, tempestade: a diferença entre esses fenômenos naturais
Isaias chega à Carolina do Norte como furacão de categoria 1 e causa morte
Após chegar ao Texas, Hanna é rebaixado de furacão para tempestade tropical

Imagem de satélite da Nasa da passagem do furacão Laura
Imagem de satélite da Nasa da passagem do furacão Laura
Foto: Chris Cassidy / Twitter

Autoridades dos dois estados pedem que a população saia do caminho do fenômeno, tanto por causa da força do furacão quanto pelas tempestades que ele deve causar.

Mesmo quando Laura era apenas uma tempestade tropical a caminho do Caribe, matou ao menos nove pessoas. E com a Costa do Golfo dos EUA em alerta, os norte-americanos correm contra o tempo para se preparar.

A Cruz Vermelha norte-americana já acionou 700 membros na região, segundo o grupo. “Pedimos à população da Costa do Golfo que fique pronta, ouça o aviso das autoridades locais e deixe a área imediatamente, se assim pedirem”, disse Greta Gustafson, da Cruz Vermelha, à CNN

(Texto traduzido, clique aqui e leia o original em inglês.)

Mais Recentes da CNN