Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Corpos apresentados ao Congresso do México são “humanos demais” para serem ETs, analisa astrofísico

    Astrofísico norte-americano afirmou em entrevista à CNN que estranhou osso na região do nariz

    Da CNN

    Os supostos corpos de alienígenas apresentados ao Congresso do México são “humanos demais” para serem extraterrestres. É o que afirmou o astrofísico Neil deGrasse Tyson no sábado (23), em entrevista à CNN Internacional.

    “Eu fiquei surpreso porque, se eles são de outro planeta, por que parecem tão humanos? Eles têm dois olhos, nariz, boca, ombros, quadris, fêmur. Por que? Boa parte da vida da Terra que compartilhar DNA conosco não se parece em nada com a gente”, declarou o cientista.

    Tyson também estranhou o fato dos corpos apresentarem um nariz intacto, sendo que não há ossos nessa região do crânio, mas sim um buraco.

    “Em qualquer cadáver ou corpo mumificado, não há osso no nariz, é um buraco aberto no crânio. Esses alienígenas tinham nariz intacto, isso se aquilo for o seu nariz.”

    Entenda o caso

    Restos mumificados que seriam de seres extraterrestres foram exibidos na Câmara dos Deputados do México, durante debate em uma Assembleia Pública para Regulação de Fenômenos Aéreos Não Identificados, promovido pelo deputado Sergio Gutiérrez Luna, segundo informações da CNN Español.

    Os restos de duas criaturas de cerca de 60 centímetros foram exibidos aos deputados. Os corpos foram encontrados no Peru, na região das Linhas de Nazca, em 2015. 

    O ufólogo e jornalista Jaime Maussan fez a apresentação dos corpos no Congresso. Segundo ele, os restos são alvo de estudo da UNAM (Universidade Nacional Autônoma do México) e teriam mais de mil anos de idade. “São seres não-humanos. Não foram recuperados em naves, mas foram encontrados sepultados e fossilizados”, afirmou.

    Em seu X, antigo Twitter, Maussan escreveu que um diretor do Instituto Científico para Saúde da Secretaria da Marinha do México disse que o DNA encontrado nos corpos não guardam relação com humanos. No entanto, ainda não há estudos mais avançados sobre os corpos e nenhuma conclusão oficial. 

    Veja também: NASA nomeia diretor para esclarecer mistério de OVNIs

    Publicado por Flávio Ismerim, com informações da CNN Internacional