Corte do gás russo custaria 220 bilhões de euros à Alemanha, dizem especialistas

Estudo conjunto de cinco importantes institutos de pesquisa econômica alemães apontam forte recessão caso o fornecimento for interrompido imediatamente

Planta de estoque de gás na cidade de Rehden, na Alemanha
Planta de estoque de gás na cidade de Rehden, na Alemanha REUTERS/Christian Charisius

Chris Liakosda CNN

Ouvir notícia

A economia alemã sofreria um grande golpe no caso de uma interrupção no fornecimento de gás russo, alertaram institutos alemães.

De acordo com uma previsão econômica conjunta de cinco importantes institutos de pesquisa econômica alemães, no caso de uma interrupção imediata no fornecimento de gás russo, um total de 220 bilhões de euros (US$ 238 bilhões) na produção econômica alemã estaria em risco em 2022 e 2023.

Isso equivaleria a mais de 6,5% da produção econômica anual da Alemanha.

“Se o fornecimento de gás for cortado, a economia alemã sofrerá uma forte recessão“, disse Stefan Kooths, vice-presidente e diretor de pesquisa para ciclos econômicos e crescimento do Instituto Kiel para a Economia Mundial.

Os institutos reduziram o crescimento do PIB em 2022 de 4,8% para 2,7% devido à guerra em curso na Ucrânia e suas ramificações econômicas e esperam que a inflação atinja 6,1% em 2022, o número mais alto em 40 anos.

“No caso de uma interrupção no fornecimento de energia, aumentaria para 7,3%, um recorde na Alemanha do pós-guerra”, diz o comunicado de imprensa.

No final de março, a Alemanha emitiu um “aviso antecipado” de possível escassez de gás natural devido a uma disputa de pagamentos com a Rússia que poderia levar ao racionamento de energia, pedindo a todos os consumidores que reduzissem seu uso o máximo possível.

“O processo de recuperação da economia alemã está mais uma vez atrasado. O quadro econômico é moldado por forças opostas, todas as quais estão elevando os preços”, disse Kooths.

A Previsão Econômica Conjunta foi preparada pelo Instituto Alemão de Pesquisa Econômica (DIW Berlin), o Instituto ifo (Munique), o Instituto Kiel para a Economia Mundial (IfW Kiel), o Instituto Halle para Pesquisa Econômica (IWH) e o RWI ( Essen).

 

Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

versão original

Mais Recentes da CNN