Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Eleição na França: “Cometemos erros”, diz Bardella, líder da ultradireita

    Coalizão de esquerda reverteu expectativa e conseguiu maior número de assentos na Assembleia Nacional

    Jordan Bardella, jovem líder da extrema direita da França
    Jordan Bardella, jovem líder da extrema direita da França Chesnot/Getty Image

    Da Reuters

    O Reunião Nacional (RN), partido de ultradireita da França, cometeu erros que levaram à sua derrota no segundo turno das eleições parlamentares no domingo (7), disse o Jordan Bardella, um dos líderes da legenda, nesta segunda-feira (8).

    “É claro que sempre cometemos erros, eu cometi alguns, todos nós cometemos alguns, e assumo minha parcela de responsabilidade por esses resultados”, destacou Bardella, falando com jornalistas do lado de fora da sede do partido em Paris.

    Ainda assim, ele ressaltou que a hora do RN chegar ao poder foi apenas adiada.

    Incerteza após eleições

    A França está enfrentando um “Parlamento suspenso” após a coalizão de esquerda Nova Frente Popular (NFP) liderar os resultados das eleições, à frente do favorito RN e da maioria do presidente Emmanuel Macron.

    Bardella culpou um pedido conjunto do NFP e de Macron para que os candidatos desistissem das disputas de segundo turno de três candidatos em um esforço para impedir o RN de conseguir maioria na Assembleia Nacional.

    Ainda assim, Bardella destacou que a vitória do RN virá nas próximas eleições da França, com a corrida presidencial de 2027 pela frente.

    “A onda que nos carrega é forte… e essa onda nos levará ao poder”, concluiu.