França e Irlanda confirmam primeiros casos de variante da Covid-19

França e Irlanda detectaram pela primeira vez casos da mutação do novo coronavírus inicialmente identificada no Reino Unido

Médicos tratam paciente com Covid-19 nos arredores de Paris, na França
Médicos tratam paciente com Covid-19 nos arredores de Paris, na França Foto: Gonzalo Fuentes/Reuters (17.nov.2020)

Da CNN, em São Paulo*

Ouvir notícia

 

França e Irlanda detectaram, nesta sexta-feira (25), os primeiros casos confirmados em seus territórios da variante do novo coronavírus inicialmente identificada no Reino Unido.

Leia também:
Nova variante da Covid-19 é entre 50% e 74% mais contagiosa, afirma estudo
Pfizer e Moderna testam eficácia de vacinas contra mutação da Covid-19

Na Irlanda, o caso foi notificado sem detalhes. “Posso confirmar que detectamos a nova variante do Reino Unido do SARS-CoV-2 por sequenciamento do genoma completo no National Virus Reference Laboratory”, na University College Dublin, disse o diretor médico Tony Holohan em um comunicado divulgado na sexta-feira.

Já na França o caso identificada foi um cidadão francês que vive na Inglaterra. A pessoa deixou Londres para a cidade francesa de Tours no fim de semana passado e foi internada no hospital na segunda-feira, disse o Ministério da Saúde francês em um comunicado.

“A pessoa é assintótica para Covid-19, atualmente está isolada em casa e está bem”, disse o comunicado.

“As autoridades de saúde realizaram o rastreamento dos contatos dos profissionais de saúde que cuidaram do paciente e procuraram seus contatos de risco, a fim de colocá-los em quarentena estrita”.

*Com informações de Fanny Bobille e Deborah Bloom, da CNN; e Conor Humphries, da Reuters

Mais Recentes da CNN