Harry e Meghan expressam ‘preocupações’ sobre desinformação no Spotify

Neil Young e Joni Mitchell pediram ao Spotify para retirar suas músicas da plataforma devido à desinformação

Príncipe Harry e a esposa, Meghan
Príncipe Harry e a esposa, Meghan 23/09/2021REUTERS/Andrew Kelly

Max FosterVasco CotovioRob Pichetada CNN

Ouvir notícia

Príncipe Harry e Meghan Markle expressaram suas “preocupações” sobre a desinformação da Covid-19 no Spotify, juntando-se a um grupo crescente de personalidades que pressionam o serviço de streaming em meio a uma disputa sobre o polêmico podcast de Joe Rogan.

A manifestação ocorreu depois que Neil Young e Joni Mitchell pediram ao Spotify para retirar suas músicas da plataforma, contestando seu popular podcast “Joe Rogan Experience”, no qual o apresentador fez alegações falsas e imprecisas frequentes em torno de vacinas e do coronavírus.

“Em abril passado, nossos cofundadores começaram a expressar preocupações aos nossos parceiros no Spotify sobre as consequências da desinformação na plataforma”, disse um porta-voz da Archewell, fundação do príncipe Harry, em comunicado.

“Continuamos expressando nossas preocupações ao Spotify para garantir que mudanças em sua plataforma sejam feitas para ajudar a lidar com essa crise de saúde pública”.

“Esperamos que o Spotify atenda a esse momento e estamos comprometidos em continuar nosso trabalho juntos”, acrescentou o porta-voz. A declaração não mencionou especificamente o show de Rogan.

A CNN entrou em contato com o Spotify para comentar, mas ainda não recebeu uma resposta.

Príncipe e Markle

Harry e Meghan estão entre as personalidades de áudio mais notáveis ​​do Spotify, tendo anunciado uma parceria exclusiva com o serviço em dezembro de 2020. Em um comunicado à imprensa, o Spotify disse que a dupla “hospedará e produzirá podcasts que constroem comunidade por meio de experiências, narrativas e valores compartilhados”.

A parceria de vários anos com o Spotify inclui vários programas, alguns hospedados e outros produzidos pelo duque e pela duquesa.

Comunidade científica

Seu alcance é ofuscado pelo popular programa de Rogan, que há muito tem sido um sucesso entre os ouvintes, mas atraiu o desprezo da comunidade científica.

No início deste mês, um grupo de mais de 250 cientistas, médicos e enfermeiros escreveu uma carta aberta ao Spotify condenando o streamer por colocar Rogan em plataforma e pedindo ao Spotify que alertasse seus ouvintes sobre desinformação.

O apresentador sugeriu que jovens saudáveis ​​não devem necessariamente ser vacinados contra a Covid-19, e um episódio recente com Jordan Peterson também foi ridicularizado por transmitir informações erradas sobre as mudanças climáticas.

“Desde o início da Archewell, trabalhamos para lidar com a crise global de desinformação em tempo real”, disse um porta-voz da fundação. “Centenas de milhões de pessoas são afetadas pelos graves danos da desinformação desenfreada e da desinformação todos os dias.”

Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

versão original

Mais Recentes da CNN