Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Ideia de conflito nuclear é totalmente inaceitável, diz secretário-geral da ONU

    António Guterres fez pronunciamento de abertura do Conselho de Segurança nesta quinta-feira (22)

    Tiago Tortellada CNN em São Paulo

    O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, afirmou nesta quinta-feira (22) que a ideia de um conflito nuclear é “totalmente inaceitável” e que os últimos desenvolvimentos da guerra na Ucrânia são perigosos e preocupantes.

    “A ideia de um conflito nuclear, que antes era inimaginável, hoje vem à discussão. Isso é totalmente inaceitável”, disse Guterres na abertura da reunião do Conselho de Segurança.

    O secretário-geral também classificou a situação ao redor da usina nuclear de Zaporizhzhia como preocupante e que qualquer dano, intencional ou não, a estruturas do tipo pode causar um desastre.

    Após pontuar que a guerra não tem sentido, ele observou que “qualquer anexação de um território por ameaça ou uso da força viola a carta da ONU”. Também alertou que a situação pode ficar mais crítica conforme o inverno chega no Leste Europeu, colocando em evidência a questão energética.

    Sobre as alegações de crimes de guerra, advertiu que todas devem ser investigadas para responsabilização, com cooperação total com a Corte Criminal Internacional (ICC, em inglês).

    O procurador da ICC falou em seguida ao secretário, dizendo que a “imagem que tem visto na Ucrânia até agora é preocupante” e que continuará as apurações de possíveis ilegalidades.

    Guterres pontuou ainda que o conflitou levou a uma crise de fome e financeira no mundo, “revertendo anos de progresso”. “Se o mercado de fertilizantes não for estabilizado, ano que vem podemos ter crise alimentar no próximo ano”, ressaltou, lembrando que foi assinado um memorando com a Rússia para que o mercado internacional tenha acesso aos produtos do tipo produzidos no país.