“Não vamos desistir” até achar suspeito por tiroteio no metrô de Nova York, diz Biden

Presidente dos Estados Unidos discursou durante viagem ao estado de Iowa

Ataque a tiros deixa feridos no metrô de Nova York
Ataque a tiros deixa feridos no metrô de Nova York Reprodução/WABC/CNN (12.abr.2022)

Maegan Vazquezda CNN

Ouvir notícia

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse nesta terça-feira (12) que seu governo não vai “relaxar” até que o suspeito do tiroteio desta manhã em um metrô no Brooklyn seja encontrado.

Biden mencionou o incidente durante seu discurso de abertura em Iowa, dizendo: “Minha esposa, Jill, e eu estamos orando por aqueles que estão feridos e todos os afetados por esse trauma. E somos gratos a todos os socorristas que entraram em ação, incluindo civis – civis que não hesitaram em ajudar seus companheiros de viagem a tentar protegê-los.”

O presidente disse que sua equipe está em contato com o prefeito da cidade de Nova York e com o comissário de polícia de Nova York, acrescentando que “o Departamento de Justiça e o FBI estão trabalhando em estreita colaboração com o NYPD (Departamento de Polícia de Nova York) no local”.

“Continuaremos em contato próximo com as autoridades de Nova York enquanto aprendemos mais sobre a situação nas próximas horas e dias. E algo pode ter acontecido entre agora e a última hora – não ouvi as notícias, não falei com ninguém da minha equipe, mas não vamos desistir até descobrirmos e encontrarmos o criminoso”, adicionou.

Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

versão original

Mais Recentes da CNN