Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Parlamento aprova novo governo de Israel após 12 anos de Netanyahu no poder

    Nacionalista Naftali Bennett assume após votação apertada no parlamento

    Ouvir notícia

    O parlamento de Israel votou neste domingo (13) pela formação de um novo governo. Com uma votação apertada, a maioria decidiu que Naftali Bennett substitui Benjamin Netanyahu como primeiro-ministro israelense. Foram 60 votos a favor, 59 votos contra e uma abstenção.

    A vitória de Bennett encerra o período de 12 anos de Netanyahu no poder – o mandato mais longo da história do país.

    Benjamin Netanyahu durante sessão do parlamento
    Benjamin Netanyahu na sessão do parlamento
    Foto: Amir Levy/Correspondente/GETTY IMAGES

    Após quatro eleições em dois anos, o novo governo de Bennett rompe um longo impasse político e inaugura a coalizão mais diversa que Israel já viu, incluindo o primeiro partido árabe a servir no governo. Em seu discurso antes do voto de confiança do parlamento, Bennett comemorou a diversidade e alertou sobre a polarização dentro do país.

    O novo governo, liderado por Naftali Bennett, deve se concentrar em temas econômicos e sociais – e evitar tratar de grandes questões diplomáticas, como o conflito entre Israel e Palestina.

    Naftali Bennett acena ao lado de Yair Lapid após votação no parlamento
    Líder da oposição Yair Lapid e primeiro-ministro israelense Naftali após a votação do parlamento
    Foto: Amir Levy/Correspondente/GETTY IMAGES

    Além disso, pretende limitar o mandato do primeiro-ministro a dois mandatos, ou oito anos; uma iniciativa de infraestrutura que incluirá novos hospitais, uma nova universidade e um novo aeroporto; a manutenção do “status-quo” em questões de religião e Estado; mais de US$ 16 milhões (cerca de R$ 82 milhões) para melhorar a infraestrutura e o bem-estar e a contenção da violência em cidades árabes e a descriminalização da maconha.

    O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, parabenizou Bennett em sua primeira declaração sobre a situação política em Israel, dizendo que está ansioso para trabalhar com o novo primeiro-ministro.

    “Israel não tem melhor amigo do que os Estados Unidos”, escreveu Biden em seu comunicado. “O vínculo que une nosso povo é a evidência de nossos valores compartilhados e décadas de estreita cooperação e, à medida que continuamos a fortalecer nossa parceria, os Estados Unidos permanecem firmes em seu apoio à segurança de Israel. Meu governo está totalmente comprometido em trabalhar com o novo israelense. governo para promover a segurança, estabilidade e paz para israelenses, palestinos e pessoas em toda a região.”

    Mais Recentes da CNN