Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Primeira nevasca da temporada de neve gera alerta no noroeste e norte dos EUA

    Previsão é que uma onda de ar frio e uma umidade intensa se espalhe da cidade de Washington e estado de Oregon até o município de Montana, antes que uma forte tempestade atinja o noroeste dos EUA

    Previsão é que uma onda de ar frio e umidade intensa se espalhe da cidade de Washington e estado de Oregon para grande parte do município de Montana hoje (24)
    Previsão é que uma onda de ar frio e umidade intensa se espalhe da cidade de Washington e estado de Oregon para grande parte do município de Montana hoje (24) CNN

    Mary Gilbertda CNN

    A primeira nevasca da temporada de neve ameaça o noroeste e partes norte dos Estados Unidos, com a possibilidade de soterramentos de mais de trinta centímetros por flocos de gelo.

    A previsão é que uma onda de ar frio e uma umidade intensa se espalhe da cidade de Washington e estado de Oregon para grande parte do município de Montana hoje (24), antes que uma forte tempestade atinja o noroeste dos Estados Unidos na noite desta terça-feira.

    A expectativa é que os flocos de neve comecem a cair nesta terça-feira, à medida que a umidade desta tempestade se move pela Cordilheira das Cascatas, em Washington. Quanto maior a altitude, maior a chance de neve e complicações em estradas. Várias passagens montanhosas de alta altitude nesta parte das Cascatas, incluindo Stevens Pass, Snoqualmie Pass e Stampede Pass, podem ser afetadas.

    A neve começará a cair no restante do noroeste dos EUA durante a tarde de terça-feira e à noite. O acúmulo de neve começará a cobrir partes de Idaho e Montana, bem como o estado de Oregon durante esse período, enquanto os termômetros se manterão baixos.

    As temperaturas vão despencar na noite de terça-feira, caindo bem abaixo de zero em muitos locais de grande altitude. As temperaturas no norte de Idaho cairão para entre -7 e -12°C na manhã de quarta-feira (25), enquanto algumas áreas do noroeste de Montana ficarão em torno de -12°C.

    A combinação de ar frio e grande umidade preparará o terreno para fortes nevascas na noite de terça-feira. Quinze centímetros ou mais de neve podem se acumular rapidamente nos níveis de passagem nas Cascatas na noite de terça-feira, com quantidades próximas de 30 centímetros para áreas acima de 7.000 pés.

    O acúmulo de neve aumentará nesta quarta-feira no noroeste e norte das Montanhas Rochosas. A velocidade do vento também aumentará durante este período, o que poderá reduzir significativamente a visibilidade e dificultar o trânsito pelas estradas.

    Embora os totais de neve mais significativos desta tempestade ocorram em altitudes mais elevadas, alguns pontos de baixa altitude em Washington, Montana e Dakota do Sul não escaparão completamente do inverno.

    Alguns centímetros de neve se acumularão até 300 metros em algumas partes de Washington na quarta-feira, mas Seattle só enfrentará chuva, somado às baixas temperaturas.

    Nesta quinta-feira (26), a neve começará a descer pelas Cascatas, mas se espalhará por partes das planícies do norte à medida que a tempestade se move para o leste. Mais de trinta centímetros de neve irão atingir partes de Dakota do Sul até a noite de quinta-feira.

    Outro risco surgirá quando a neve atingir áreas de menor altitude: derretimento e recongelamento. Qualquer neve que derrete durante o dia congelará durante a noite e causará formação de gelo traiçoeiro nas estradas e calçadas.

    Na sexta-feira (27), o acúmulo significativo de neve chegará ao fim em grande parte do norte dos EUA, mas alguns nevascas podem ocorrer ao longo da fronteira EUA-Canadá antes que a tempestade atravesse totalmente o sul do Canadá.

     

    Este conteúdo foi criado originalmente em espanhol.

    versão original