Primeiro-ministro de Luxemburgo liga para Putin e expressa preocupações por Mariupol

Cerca de 2.500 civis morreram em Mariupol

Xavier Bettel é primeiro-ministro de Luxemburgo
Xavier Bettel é primeiro-ministro de Luxemburgo NurPhoto via Getty Images

James Fraterda CNN

Em Londres

Ouvir notícia

O primeiro-ministro de Luxemburgo, Xavier Bettel, conversou com o presidente russo, Vladimir Putin, neste sábado (19), disse Bettel.

“Acabei de falar com Vladimir Putin novamente. Desde nossa última troca, a situação no terreno piorou, especialmente na cidade de Mariupol. As imagens que nos chegam são intoleráveis. O objetivo precisa continuar sendo a desescalada, a adoção do cessar-fogo e o avanço dos processos de negociação.” Bettel disse via Twitter.

A cidade sitiada de Mariupol foi palco de fortes ataques das forças russas, incluindo um ataque a uma maternidade e hospital infantil e o bombardeio de um teatro usado como abrigo. Continua a enfrentar condições desesperadoras , e cerca de 2.500 civis morreram lá, estimam autoridades ucranianas.

As condições em Mariupol são “insuportáveis” e “simplesmente infernais”, disseram à CNN moradores que fugiram da cidade sitiada no sudeste da Ucrânia, quando imagens chocantes de drones e fotos de satélite surgiram mostrando a devastação total causada pelo bombardeio russo.

O conselho da cidade de Mariupol disse nesta terça-feira (15) que cerca de 2.000 carros particulares conseguiram deixar a cidade, e outros 2.000 veículos estavam estacionados na rota principal de Mariupol.

Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

versão original

Mais Recentes da CNN