Próximas negociações entre Rússia e EUA podem ocorrer em fevereiro, diz agência

Reunião desta sexta-feira (21) discutiu as demandas de Moscou por garantias de que a Ucrânia não será aceita pela Otan

Secretário de Estado dos EUA, John Kerry, e ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov
Secretário de Estado dos EUA, John Kerry, e ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov 21/01/2022Ministério do Exterior russo/Divulgação via REUTERS

Gabrielle Tetrault-Farberda Reuters

Em Moscou

Ouvir notícia

A Rússia e os Estados Unidos podem realizar outra reunião no mês que vem para discutir as demandas de Moscou por garantias de segurança, disse uma fonte da delegação russa, de acordo com a agência de notícias russa RIA, após conversas em Genebra.

O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, e o secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, se encontraram na Suíça nesta sexta-feira (21) em meio a temores ocidentais de que a Rússia possa invadir sua vizinha Ucrânia.

A Rússia nega planejar um ataque, mas diz que pode tomar uma ação militar não especificada caso uma lista de exigências não seja atendida, incluindo a promessa da aliança militar Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) de nunca admitir a Ucrânia.

A fonte da RIA disse que Moscou pode levar algumas semanas para estudar a resposta de Washington às suas demandas, que espera receber na próxima semana.

Mais Recentes da CNN