Restos mortais encontrados em parque na Flórida podem ser de Brian Laundrie, diz advogado

Agentes do FBI e os pais de Laudrie encontraram pertences e restos mortais próximos à trilha da reserva Carlton; identificação formal pode demorar

Brian Laundrie, noivo da influenciadora Gabby Petito – encontrada morta em parque dos EUA
Brian Laundrie, noivo da influenciadora Gabby Petito – encontrada morta em parque dos EUA Reprodução

Aya ElamroussiLeyla SantiagoTaylor RomineRandi Kayeda CNN

Ouvir notícia

Restos mortais encontrados pelas autoridades nesta quarta-feira (20) em um parque da Flórida, nos Estados Unidos, provavelmente pertencem a Brian Laundrie, disse o advogado da família à CNN.

Autoridades encontraram uma mochila e um notebook que acreditam pertencer a Laundrie, de 23 anos, perto dos restos mortais suspeitos. O jovem era noivo da influenciadora assassinada Gabby Petito, cuja causa da morte foi estrangulamento.

Os agentes faziam buscas na reserva Carlton, em North Port, disse o oficial do FBI, Michael McPherson. Mais de um mês desde seu desaparecimento, McPherson disse que Laundrie era “uma pessoa suspeita no assassinato de Gabby Petito”.

Laundrie não foi acusado da morte de sua noiva, embora tenha sido indiciado por supostamente usar duas contas financeiras que não pertenciam a ele nos dias seguintes ao assassinato dela.

O advogado da família Laundrie, Steven Bertolino, disse ao apresentador Chris Cuomo, da CNN, que “a probabilidade de que os restos mortais encontrados sejam de Brian”.

“É muito triste, você pode imaginar como pai, encontrar os pertences de seu filho ao lado dos restos mortais. Isso deve ser de partir o coração. E posso dizer que eles estão de coração partido”, disse Bertolino nesta quarta.

A descoberta ocorre em meio a uma busca exaustiva por Laundrie enquanto as autoridades tentam montar o quebra-cabeça do que aconteceu com Petito, de 22 anos.

Ela foi encontrada morta por estrangulamento após viajar pelo oeste dos Estados Unidos em uma van branca neste verão, na companhia de Laundrie, e mais tarde foi dada como desaparecida.

Um médico legista chegou ao local nesta quarta, mas uma identificação formal se os restos mortais encontrados no parque pertencem a Laundrie pode demorar um pouco mais. Uma fonte próxima à investigação disse à CNN que os restos mortais suspeitos “parecem ter ficado lá há algum tempo”.

“Com base no estado dos restos mortais, pode demorar algum tempo para a identificação oficial. Vai ser um processo muito minucioso com o médico legista”, disse a fonte.

Os vestígios aparentes foram encontrados em uma área que estava submersa até recentemente, disse McPherson, o que poderia tornar o processo de identificação mais demorado.

Foi “a própria área do parque sobre a qual inicialmente informamos as autoridades”, disse Bertolino, referindo-se a uma reunião com as autoridades policiais em 17 de setembro. Os pais de Laundrie estavam no local quando os restos mortais foram encontrados

Bertolino disse à CNN que os pais de Laundrie – Chris e Roberta Laundrie – ajudaram a polícia a encontrar alguns itens no parque, que ele descreveu como “casualidade”.

Segundo o FBI, perícia confirma que Gabby Petito foi assassinada
Segundo o FBI, perícia confirma que Gabby Petito foi assassinada / Reprodução/wheresgabby.com

Mochila, pertences e restos mortais foram encontrados perto de trilha

De acordo com o advogado, os pais de Laundrie informaram ao FBI e ao Departamento de Polícia de North Port na noite de terça-feira (19) que queriam visitar o parque na quarta de manhã para procurar seu filho.

A polícia os encontrou lá e os acompanhou de perto quando eles entraram no parque, disse Bertolino.

“À medida que avançavam, Chris se aventurava fora da trilha para a floresta. Ele estava ziguezagueando em áreas diferentes, a polícia estava fazendo a mesma coisa. E Roberta Laundrie estava descendo a trilha”, disse Bertolino.

“Em algum ponto, Chris localiza o que é chamado de saco seco. O saco seco é um saco branco, deixado na floresta, digamos a cerca de 6 metros da trilha.”

Bertolino disse, de acordo com Chris Laundrie, o saco estava em alguns arbustos e ele não queria subir, porque queria que a polícia visse.

No entanto, Bertolino disse que Laundrie “não conseguiu encontrar a polícia”, porque eles estavam fora de vista e não queria deixar a bolsa lá com algum repórter por perto, então ele a pegou.

“Ele se encontrou em pouco tempo com os policiais, eles examinaram o conteúdo da sacola. Os policiais mostraram a ele uma foto no telefone de uma mochila que os policiais haviam localizado nas proximidades e também a alguma distância da trilha “, disse Bertolino à CNN.

“Naquele momento, os Laundrie foram notificadas de que também havia restos perto da mochila e foram solicitados a deixar a reserva.”

Os restos mortais suspeitos foram encontrados “cerca de 2 a 3 milhas dentro da reserva Carlton, ou cerca de 45 minutos a pé” da entrada do Parque Ambiental Myakkahatchee Creek, disse o porta-voz da polícia de North Port, Josh Taylor.

FBI encontra restos mortais que podem ser de Brian Laundrie, noivo de Gabby Petito / Moab Police Department

Quando questionado por que os pais optaram por ir ao parque na quarta-feira, Bertolino disse que foi o primeiro dia em que ele foi reaberto ao público.

“Os pais presumiram que os especialistas, o FBI e todas as equipes de rastreamento que eles tinham seriam capazes de localizar Brian com base nas informações que havíamos fornecido para as áreas e trilhas específicas do parque que Brian gostava de visitar”, disse Bertolino.

“O parque estava fechado ao público. Não havia realmente nenhum outro motivo para os Laundrie irem buscar em qualquer outro lugar”, concluiu o advogado da família.

(Este texto é uma tradução. Para ler o original, em inglês, clique aqui)

Mais Recentes da CNN