Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Rússia culpa Ucrânia por ataque a hospital infantil em Kiev

    Ucranianos afirmam que têm "evidências inequívocas" que russos estão por trás do caso

    Resgate em hospital infantil de Kiev
    Resgate em hospital infantil de Kiev Gleb Garanich/Reuters (08.jul.24)

    Da Reuters

    O embaixador da Rússia na ONU disse que seu país não foi responsável pelo ataque ao principal hospital infantil de Kiev realizado na segunda-feira (8) e culpou a Ucrânia.

    A fala aconteceu no Conselho de Segurança da ONU nesta terça-feira (9).

    “Se o míssil russo que foi direcionado ao objeto militar atingisse o hospital, então o hospital seria completamente destruído. Quer dizer, não estou me alegrando com as vítimas ou feridos que estavam no hospital no momento do ataque. Além disso, foram os próprios ucranianos que fizeram isso”, afirmou Vasily Nebenzya.

    Ucrânia afirma ter “evidências inequívocas”

    O serviço de segurança da Ucrânia afirmou ter evidências inequívocas de que a unidade médica foi atingida por um míssil de cruzeiro russo Kh-101 durante a série de ataques mais mortais em meses.

    As autoridades publicaram imagens do que disseram serem fragmentos do motor da arma.

    O Kremlin afirmou, sem fornecer evidências, que artefatos antimísseis ucranianos, não a Rússia, que atingiram o hospital infantil, que é um dos maiores da Europa e trata pacientes com condições graves, como câncer e doença renal.