Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Descubra como planejar um casamento sustentável em 2024

    Da escolha local para flores à preferência por alimentos vegetarianos, cada detalhe pode reduzir a pegada de carbono

    É possível tornar seu casamento eco-friendly e memorável
    É possível tornar seu casamento eco-friendly e memorável Imagem: Unsplash/Sandy Millar

    Marissa Millerda CNN

    O dia do seu casamento é um dos dias mais importantes da sua vida, então, naturalmente, você vai querer fazer de tudo para que seja especial.

    No entanto, entre todo o desperdício de comida, decoração de uso único e flores que murcham em questão de dias, planejar um casamento não é a opção mais sustentável para o seu orçamento ou para o planeta.

    De acordo com Dana Watts, uma planejadora de casamentos sustentáveis e proprietária da Thyme and Details, a pegada de carbono total de um casamento, incluindo “transporte de flores, dezenas de milhares de convidados voando para um evento rápido, envio de convites e decorações de uso único”, é o que o torna um fardo para o meio ambiente.

    Felizmente, há muitas coisas que você pode fazer para garantir que limite o impacto ambiental do seu casamento. Imogen Stuckes, fundadora da Flowers by Imogen, uma floricultura de casamento sustentável, recomenda obter suas flores de casamento localmente. “Pergunte ao seu florista se eles poderiam comprar flores de produtores locais”, ela diz.

    “Oitenta por cento das flores são importadas nos EUA, voam do outro lado do mundo, são tratadas com produtos químicos tóxicos e quem sabe se são cultivadas de maneira ética.” Ela acrescenta que também é uma boa ideia verificar se o seu florista utiliza mecanismos de produção sustentável e trabalha sem o uso de espuma. “A espuma floral é frequentemente usada para manter as flores frescas, mas é feita de produtos químicos tóxicos, incluindo formaldeído”, complementa.

    É possível repensar desde o transporte de flores até o envio de convites e decorações de uso único
    É possível repensar desde o transporte de flores até o envio de convites e decorações de uso único / Imagem: Unsplash/Jeremy Wong Weddings

    A comida é, sem dúvida, um dos aspectos mais cruciais do seu dia de casamento. Afinal, seus convidados precisam de energia para a pista de dança. Mas todas as refeições à base de animais não estão fazendo nenhum favor ao planeta. Grandes estudos, incluindo um recente da revista científica Frontiers in Sustainability, descobriram que a agricultura baseada em animais é uma das principais causas de emissões de gases de efeito estufa, desmatamento e uso de energia não renovável, entre outros.

    Como antídoto, Hooman Bahrani, fotógrafo de casamentos e fundador do Wedding Day Timeline, diz que notou um aumento nos cardápios de casamento que agora incluem “ofertas cultivadas localmente e da estação, bem como alimentos vegetarianos e à base de plantas, especialmente durante o coquetel e o jantar buffet”. Nesse sentido, Watts diz que você deve optar por refeições servidas em vez de buffets. “Elas podem ser um pouco mais caras devido à mão de obra, mas os custos de comida são menores”, diz ela. “Além disso, o serviço é um toque agradável e reduz significativamente o desperdício, melhorando a capacidade de doar eventuais sobras.”

    Em vez de deixar seu casamento pronto para o Instagram investindo em decorações novas, seja um pouco mais criativo. Watts recomenda fazer uso do que o local do evento já tem para limitar as compras de decoração de uso único. Se for necessário investir em novos itens, ela recomenda trabalhar com uma empresa local de aluguel de decoração para melhorar o espaço “antes de comprar decorações que acabarão guardadas na sua garagem por cinco a dez anos após o casamento”.

    Além disso, você sempre pode reutilizar essas decorações entre a cerimônia e a recepção. Para pontos extras de sustentabilidade, procure um local que funcione como uma organização sem fins lucrativos, já que Watts diz que eles “oferecem maior valor à sociedade e existem 24 horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano, não apenas para eventos nos finais de semana”.

    Se você comprou um item de casamento, certifique-se de doá-lo a outro casal ou vendê-lo em um mercado de revenda como o Facebook Marketplace ou o Depop. “O potencial de economizar muito dinheiro, a [crescente] aceitação de dar e receber itens usados e os benefícios sustentáveis da revenda são atraentes para os compradores”, diz Ken Murphy, vice-presidente sênior de produtos da plataforma de revenda OfferUp. “Isso pode ser especialmente verdadeiro ao procurar gastar em eventos grandes e frequentemente caros, como casamentos.”

    Ele recomenda aproveitar a maneira como a revenda pode ajudar a aprimorar sua criatividade quando se trata de planejamento de casamento. “Uma das partes divertidas do planejamento de eventos como casamentos é a capacidade de ser criativo e personalizar a experiência”, diz ele. “Ao comprar itens usados, você pode pintar ou renovar peças e misturar estilos.”

    A sustentabilidade pode ser compreendida como esse conceito amplo e nebuloso difícil de quantificar, então, se você estiver procurando uma maneira tangível de determinar a pegada de carbono do seu casamento, use esta calculadora de pegada de casamento para inserir suas estatísticas exclusivas, desde a localização do evento até o número de convidados e fornecedores.

    Sempre que possível, Watts recomenda escolher produtos locais para todos os elementos do seu casamento, desde a comida até bebidas, presentes de casamento, convites, trajes, joias e muito mais. Enquanto nossos especialistas concordam que alugar, reutilizar e limitar o uso de novos itens é o ideal, fazer compras para determinados elementos do casamento é inevitável.

    Este conteúdo foi criado originalmente em Internacional.

    versão original