Morre a quarta vítima do incêndio no Hospital Federal de Bonsucesso, no Rio

Unidade permanecerá fechada por tempo indeterminado até que a perícia da Polícia Federal seja concluída

Da CNN
29 de outubro de 2020 às 07:54

 

A Prefeitura do Rio de Janeiro confirmou a quarta vítima fatal do incêndio no Hospital Federal de Bonsucesso.

De acordo com informações, a vítima é uma mulher de 73 anos, que havia sido levada para o Hospital Souza Aguiar em estado grave.

Leia também:
Bombeiros avaliaram interditar Hospital de Bonsucesso no ano passado
Ministério da Saúde soube em 2019 de problemas no Hospital de Bonsucesso

Bombeiros combatendo o fogo no hospital do Rio de Janeiro
Foto: Reprodução/CNN

As outras vítimas fatais são: uma mulher de 42 anos, uma idosa de 83 e um homem de 39. Todos morreram em decorrência de complicações durante a transferência de pacientes.

O governador em exercício do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PSC), se reuniu nesta quarta-feira (28) com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). À CNN, Castro contou sobre o que foi abordado na reunião e comentou sobre o incêndio no Hospital Federal de Bonsucesso.

Castro afirmou que é preciso aumentar a fiscalização, já que é o quarto incidente do tipo em pouco tempo, e fazer reformas. "No ano passado, o estado mandou muito dinheiro aos municípios. Falei para ele [o secretário de Saúde, Carlos Alberto Chaves] que eu quero, antes de mandar dinheiro, que a nossa rede esteja apta e reformada", declarou. "A rede estadual tem que ser melhor equipada."

Cerca de 3 mil funcionários estatutários do Hospital Federal de Bonsucesso vão entrar em férias coletivas a partir do dia 1º de novembro, de acordo com o diretor do corpo clínico, o médico Júlio Noronha.

A unidade permanecerá fechada por tempo indeterminado até que a perícia da Polícia Federal seja concluída e o prédio, onde começou o fogo, passe por reformas.


(Com informações de Thayana Araújo, da CNN, no Rio)