Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Adolescente que esfaqueou colegas em escola no DF é colocado em liberdade

    Jovem de 15 anos atacou dois alunos e uma monitora com uma faca; ninguém morreu

    Caso ocorreu em escola em São Sebastião, no Distrito Federal
    Caso ocorreu em escola em São Sebastião, no Distrito Federal Reprodução/Google Street View

    Maria Clara Alcântarada CNN*

    Em São Paulo

    O jovem acusado de esfaquear dois alunos e uma monitora em uma escola em São Sebastião, no Distrito Federal, em março deste ano foi colocado em liberdade assistida e terá de prestar serviços comunitários. As vítimas foram resgatadas sem ferimentos graves.

    Segundo a defesa dele, a decisão judicial “não significa impunidade” e é a “medida mais adequada para o desenvolvimento e cuidado com o adolescente em formação”.

    A defesa afirma que o caso ocorreu após “constantes ataques de bullying” sofridos pelo garoto dentro do colégio. O adolescente terá o acompanhamento do conselho tutelar e da Vara da Infância e Juventude.

    O caso

    O jovem, de 15 anos, atacou com uma faca dois alunos e uma monitora da escola na manhã do dia 4 de março. Um professor presenciou o fato e conseguiu conter o adolescente.

    O menor foi apreendido pela PM com duas facas após o ataque.

    “O professor que estava em sala, imediatamente, deteve o aluno. Nenhum aluno ou servidor foi ferido gravemente. A equipe gestora decidiu dispensar as aulas que ocorreriam no turno matutino”, disse, à época, a Secretária da Educação do Distrito Federal.

    * Sob supervisão. Com informações do Estadão Conteúdo