Corpos de Bruno Pereira e Dom Phillips devem ser liberados até quinta-feira (23)

Perícia deve finalizar exames de balística que determinarão a distância que foram realizados os disparos

Da CNN

Ouvir notícia

O Instituto de Criminalística da Polícia Federal (PF) em Brasília deve liberar até quinta-feira (23) os corpos do indigenista Bruno Araújo Pereira e do jornalista britânico Dom Phillips. Os peritos ainda finalizarão os exames de balística para determinar a distância que os disparos foram efetuados.

Além dos exames periciais, os depoimentos dos suspeitos têm ajudado a polícia a esclarecer como se deu a dinâmica do crime.

De acordo com fontes da PF, o terceiro suspeito preso, Jefferson Lima da Silva, relatou às autoridades que ele e o pescador Amarildo da Costa Oliveira foram responsáveis por atirar nas vítimas. Segundo ele, Pereira chegou a cumprimentar Amarildo minutos antes do assassinato. Pouco depois, o indigenista viu a lancha do suspeito e orientou o jornalista a fotografá-la – o que teria irritado pescador.

A perícia já identificou que Bruno foi atingido por três disparos e Dom por um.

Após a identificação dos corpos, a polícia localizou também a embarcação em que viajava a dupla e que foi afundada pelos assassinos.

Na sexta-feira (17) e sábado (18), os investigadores confirmaram que os restos mortais encontrados na floresta eram de Dom e Bruno.

 

*Publicado por Renata Souza

Mais Recentes da CNN