CPI da Pandemia, Portugal anuncia doação de vacinas ao Brasil e mais de 18 de outubro

5 Fatos Tarde repercute principais notícias do Brasil e do mundo

Da CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

Audiência pública na CPI da Pandemia ouve afetados pela Covid-19, Portugal anuncia doação de vacinas para o Brasil e a previsão de imunizantes para 2022 estão entre os destaques do 5 Fatos Tarde desta segunda-feira, 18 de outubro de 2021.

Vacinas pela Fiocruz

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) negociou com o Ministério da Saúde a entrega de 180 milhões de doses de vacinas para o ano de 2022 — 120 milhões já para o primeiro semestre. A informação veio como resposta a um ofício encaminhado pela CPI da Pandemia. Segundo a Fiocruz, as tratativas estão na fase final de formalização.

Doação de Portugal

Portugal vai doar ao Brasil 400 mil doses da vacina de Oxford/AstraZeneca. O anúncio foi feito pelo secretário de Estado Adjunto e da Saúde de Portugal, António Lacerda Sales, que veio ao Brasil para assinar novos acordos de cooperação com o Ministério da Saúde.

CPI da Pandemia

A CPI da Pandemia adiou a entrega do relatório final, que estava prevista para esta terça-feira. A nova previsão é de que o relator Renan Calheiros (MDB-AL) faça a leitura do texto na quarta-feira (20), e que a votação seja realizada no dia 26. Hoje, a comissão faz uma audiência pública para ouvir o depoimento de vítimas diretas e indiretas atingidas pela Covid-19.

Menor número de mortes diárias

O Brasil registrou o menor número de mortes diárias por Covid-19, em quase um ano. Segundo os últimos dados divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), foram 130 mortes pela doença no período de 24 horas. Apesar do avanço, o Brasil continua em uma das piores posições em relação à pandemia no ranking global. Atualmente é o oitavo país do mundo em número de mortes por Covid-19 em proporção à população.

Aulas presenciais em SP

Entrou em vigor hoje, no estado de São Paulo, a obrigatoriedade de aulas 100% presenciais para as redes pública e privada. Segundo o governo estadual, os protocolos sanitários serão mantidos, assim como o distanciamento de um metro. Por conta disso, algumas escolas vão adotar rodízio de estudantes mantendo as aulas online.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br

Mais Recentes da CNN