Brasil registra 130 mortes e 5,7 mil novos casos de Covid-19 em 24 horas

Médias móveis diárias de óbitos e de infecções ficaram em 324 e 9.806, respectivamente; número de mortes é o menor de 2021

Juliana EliasMariana Cataccida CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

O Brasil registrou 130 mortes e 5.738 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas. Os dados são do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass).

É o menor número de mortes em 24 horas do ano de 2021 – o menor foi em 8 de novembro, com 128 óbitos. Vale ressaltar que nos finais de semana os números oficiais são sempre menores pelo atraso de notificações e represamento de dados.

Com isso, o país soma um total de 603.282 mortes e 21.644.464 casos confirmados da doença desde o início da pandemia, em março de 2020.

As médias móveis de óbitos e de infecções estão em tendência de queda e ficaram em 324 e 9.806, respectivamente, neste domingo. As médias móveis consideram a média diária de novas notificações nos últimos sete dias.

No ranking global, o Brasil continua em uma das piores posições em relação à pandemia: é atualmente o oitavo do mundo em número de mortes por Covid-19 em proporção à população, com 285,79 vidas perdidas para a doença a cada 100 mil habitantes, de acordo com o levantamento diário da universidade americana John Hopkins.

Remédio contra a Covid-19

A farmacêutica norte-americana Merck está buscando autorização de uso emergencial da FDA  (Food and Drug Administration, autoridade americana de saúde) para uso do molnupiravir, conhecido no Brasil como MSD. Se for concedida a autorização, a solução se tornará o primeiro tratamento antiviral oral contra a Covid-19. Leia mais.

36 milhões de novas doses da Janssen

O Governo Federal e a Johnson & Johnson, fabricante da vacina de dose única da Janssen, confirmaram que o contrato entre as partes será cumprido. Além da antecipação de 1,8 milhão de doses em junho, 36,2 milhões serão entregues até o final do ano pela J&J. Leia mais.

30 milhões de brasileiros deixaram de se vacinar

O Brasil ultrapassou a marca de 100 milhões de pessoas com imunização completa contra a Covid-19. Apesar disso, a Sociedade Brasileira de Imunizações (Sbim) estima que cerca de 30 milhões de pessoas que poderiam ter se vacinado e ainda não se vacinaram. Leia mais.

Queda de 90% nas internações em SP

A média de internações por Covid-19 na cidade de São Paulo caiu cerca de 90% desde o pico da pandemia. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), entre 8 e 28 de setembro, a rede municipal registrou uma média de 51 novos pacientes por dia. No pior momento da pandemia, em abril deste ano, a cidade tinha uma média de 500 novas internações diariamente. Leia mais.

Redução no intervalo da AstraZeneca

O Ministério da Saúde anunciou, nesta sexta-feira (15), que o intervalo entre a primeira e a segunda dose da vacina contra a Covid-19 da AstraZeneca será reduzido de 12 para 8 semanas no Brasil. Leia mais.

Mais Recentes da CNN