Governo de Minas Gerais anuncia auxílio para pessoas afetadas por chuvas

Cada contemplado receberá três parcelas de 400 reais a partir de fevereiro

Cidade de Nova Era (MG), atingida pelas fortes chuvas
Cidade de Nova Era (MG), atingida pelas fortes chuvas Elvira Nascimento/Estadão Conteúdo

Renata SouzaDanilo Moliternoda CNN*

em São Paulo

Ouvir notícia

Segundo divulgado pelo governo de Minas Gerais, mais de 60 mil pessoas desabrigadas ou desalojadas em decorrência das chuvas no estado receberão, cada uma, R$ 400 em três parcelas a partir de fevereiro.

Nesta terça-feira (18), o governador de Minas, Romeu Zema (Novo), anunciou a medida, como parte do plano Recupera Minas — criado para conter os danos causados pelas fortes chuvas que atingiram o estado, o plano alocará R$ 600 milhões em recursos estaduais.

Em coletiva virtual à imprensa, o governador disse que “vamos criar o auxílio desabrigado, para que, quem teve suas casas destruídas, tenha condições de passar por esse momento tão difícil. Ou seja, uma família de cinco pessoas vai receber R$ 2 mil por mês”.

Segundo o secretário-geral do Estado, Mateus Simões, serão contempladas no benefício as pessoas registradas como desabrigadas ou desalojadas por seus municípios até a última segunda-feira (17).

Outras medidas

Além do auxílio, o governo anunciou também medidas diferenciadas nas tarifas de água e energia nos locais atingidos pelas fortes chuvas. A cobrança poderá ser suspensa, em alguns casos, ou parcelada em até 24 vezes.

Parte da população atingida também será beneficiada com geladeiras doadas pela Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig).

“Esses eletrodomésticos serão distribuídos de forma proporcional ao número de famílias de baixa renda de municípios em situação de emergência ou de calamidade pública em decorrência das chuvas e que tenham o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) menor que 0,6”, explica o comunicado.

*Sob supervisão de Rafaela Lara

Mais Recentes da CNN