Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Grande Belém tem 30 PMs e bombeiros mortos com sintomas de Covid-19

    Em comparação, o estado de São Paulo, epicentro da doença no país, tem oficialmente dois PMs e um bombeiro vítimas do novo coronavírus

    Cerca de 400 covas são abertas em um cemitério particular no bairro do Tapanã, periferia de Belém
    Cerca de 400 covas são abertas em um cemitério particular no bairro do Tapanã, periferia de Belém Foto: Raimundo Paccó/Framephoto/AE

    José Brito,

    da CNN, em São Paulo

    Ouvir notícia

    Um dossiê preparado pela Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar do Pará (ACSPMBMPA) e enviado com exclusividade à CNN contabiliza 28 policiais militares e dois bombeiros militares que morreram com sintomas de Covid-19, entre confirmados e casos suspeitos, em abril e maio, na região Metropolitana de Belém.

      Leia também:

      Pará decreta lockdown em dez cidades entre os dias 7 e 17 de maio

    Em comparação, o estado de São Paulo, epicentro da doença no país, tem oficialmente dois PMs e um bombeiro vítimas do novo coronavírus, segundo a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP).

    A ACSPMBMPA utilizou dados da fonte oficial da corporação para identificar e contabilizar os casos fatais. Para a presidente da associação, cabo Karla Cristina Mota de Souza, o número alarmante em vista dos outros estados com uma população e um efetivo policial muito maior. “Até agora os ofícios enviados pela Associação ao governo do estado e aos comandantes da PM não tiveram resposta”, disse. 

    O caso mais recente que consta no documento foi o do 2º tenente PM José Mendes, de 81 anos, que faleceu nesta terça-feira (5) no Hospital de Campanha do governo, no Hangar, Centro de Convenções e Feiras da Amazônia. O perfil da Polícia Militar do Pará no Instagram fala que “de acordo com o atestado de óbito, a razão da morte é síndrome respiratória aguda grave com suspeita de Covid-19″.

    Na manhã desta terça, Karla Cristina foi confirmada com Covid-19, após teste realizado no Batalhão de Choque, onde está instalado o Corpo Militar de Saúde da PM. “Tem dias que estou bem. Tem dias que não. A tosse dá dificuldade para respirar e dói o peito. Eu já esperava, porque o meu Batalhão é um dos mais afetados. O primeiro óbito foi lá”, disse. 

    Um tenente da Polícia Militar que atua em Belém, e que pediu para não ser identificado, revelou que a saga de seus companheiros de corporação começou no início de março, pois as férias da tropa e as licenças especiais foram canceladas.

    “Os gestores entenderam que tinha que chamar todos para combater. Durante um determinado tempo tivemos mais policiais trabalhando nas ruas, porém eles foram aglomerados em espaços como viaturas, alojamentos e auditórios. A essa altura, o vírus já havia se disseminado na tropa. E, somado a tudo isso, a escala de serviço foi reduzida“, conta o denunciante.

    Como não há testes para todos, o policial militar admite que os próprios PMs podem ter servido como vetor para espalhar o novo coronavírus. Ele conhecia um dos policiais que faleceram, o soldado Martel, que consta na lista feita pela Associação, e reclama da falta de um hospital próprio para os militares.

    “O atendimento no Hospital da Polícia Militar é ambulatorial. E mesmo que tenhamos a reabertura do hospital, não temos profissionais intensivistas para atuar na UTI. Ao meu ver, apenas mudarão o local de óbito dos servidores. Deixarão de morrer no pronto-socorro da 14 de Março para morrer dentro do Hospital da PM”, disse.

    Procurada, a  Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup) informou que por “motivos de inteligência, os dados de agentes de segurança falecidos com suspeita da Covid-19 não são públicos”. Em nota, a Segup disse ainda que já disponibilizou testes rápidos e medicamentos para a corporação e distribuiu máscaras, luvas e álcool 70%, líquido e em gel. A Segup informa ainda que já autorizou a reforma geral do Hospital da Polícia Militar, desativado há nove anos. A previsão de entrega é para o próximo ano.

    PMs mortos com suspeita de Covid-19

    1. 3º sargento PM Ítalo Kaiser de Sousa Almeida, 42 anos, da CIPOE, 11/04/2020, faleceu após apresentar uma síndrome respiratória aguda.

    2. 1º sargento PM Almir Farias Martins, 48 anos, BPOP, 13/04/2020, faleceu após sofrer um ataque cardíaco, no município de Benevides, região metropolitana de Belém.

    3. 2º Tenente QOABM Claudomiro Velasco Azevedo Junior, 23/04/2020, sintomas de COVID-19. 

    4. Subtenente PM João Barreto Bentes, 49 anos, 3ª Cia de Vigia, 25/04/2020, de acordo com declaração de óbito, foram complicações respiratórias agudas. Dias antes, o policial testou positivo para a Covid-19. 

    5. Cabo PM Wilder de Oliveira Baptista, 43, CITEL, 25/04/2020, De acordo com a declaração de óbito, o militar faleceu por complicações de saúde relacionadas à doença.

    6. Capitão PM José Luiz Miranda Aracaty, 61 anos, 20º BPM, 25/04/2020, O militar era diabético e foi conduzido ao Hospital Metropolitano após apresentar insuficiência respiratória. A causa da morte foi síndrome respiratória aguda grave.

    7. 1° sargento PM da Reserva Remunerada, Gerson Monteiro Negrão, 59 anos, O militar foi internado há aproximadamente três semanas, para a amputação de um dedo, por consequência da diabetes, e teria contraído Covid-19 na unidade de saúde, onde chegou a ser internado em um leito de UTI. 

    8. 3° sargento PM Sebastiana Cristina Cordeiro dos Santos, 52 anos, BPE, 27/04/2020, De acordo com a declaração de óbito, a policial faleceu por insuficiência respiratória e pneumonia.

    9. Cabo PM Rômulo Rogério Ferreira da Costa, 35 anos, 27/04/2020, 2º BPM, dias antes, o policial testou positivo para a Covid-19. De acordo com seu atestado de óbito, o militar faleceu por pneumonia viral e síndrome respiratória aguda grave.

    10. Subtenente Gilson Cleber Evangelista Lopes, 46 anos, CIPOE, 26/04/2020, o militar foi socorrido no Hospital de Campanha, mas não resistiu. Segundo o atestado de óbito do policial, o motivo do falecimento se deu em razão das complicações de saúde relacionadas à Covid-19.

    11. 2º sargento Renato Dias Pereira, 50 anos, 2º BPM, 27/04/2020, de acordo com o atestado de óbito, o militar faleceu em razão de insuficiência respiratória e suspeita de Covid-19.

    12. 3º sargento João Carlos Oliveira Campos, 51 anos, 27/04/2020, BPRv, de acordo com o atestado de óbito do militar, a razão do falecimento é síndrome respiratória aguda grave.

    13. Cabo PM Joilson Corjesu Lopes Monteiro, 43 anos, BPOP, 28/04/2020, de acordo com a declaração de óbito, o militar faleceu por insuficiência respiratória aguda e complicações de saúde relacionadas à Covid-19.

    14. Tenente-Coronel PM Ismaelino Antônio Vieira de Souza, reserva remunerada, 28/04/2020, o PM estava internado e faleceu em decorrência de complicações relacionadas à Covid-19. 

    15. 2º sargento BM Jair Hailton da Silva Amaral, 49 anos, 27º GBM (Mangueirão), 28/04/2020, o militar faleceu em decorrência de complicações respiratórias relacionadas à Covid-19.

    16. 3º sargento REF Edson José Alcântara, 53 anos, veterano, 28/04/2020. O militar estava fazendo tratamento contra o câncer, em sua residência, quando sofreu uma parada cardiorrespiratória. Ele foi socorrido para um hospital particular na capital, onde não resistiu e morreu durante o atendimento médico.

    17.  Soldado PM Ulisses Gonçalves da Silva, 33 anos, 20º BPM, 29/03/2020, De acordo com a declaração de óbito, o policial militar sofria de diabetes e faleceu por insuficiência respiratória aguda e complicações de saúde relacionadas à Covid-19.

    18. 2º sargento PM José Humberto dos Santos da Silva , 54 anos, reserva remunerada, 29/03/2020,  de acordo com o atestado de óbito, o motivo do falecimento do praça se deu em decorrência de complicações respiratórias relacionadas à Covid-19.

    19. 2º Tenente REF LEONARDO SILVA MONTEIRO, 54, anos, veterano, 30/04/2020, O militar estava internado em um hospital particular, onde realizava tratamento para a diabetes, na madrugada desta quinta-feira (30), seu estado de saúde se agravou e o militar faleceu por embolia pulmonar provocada por complicações relacionadas à diabetes.

    20. Coronel PM RR Rubens Lameira barros, 67 anos, veterano, 30/04/2020. O policial militar estava internado e faleceu na tarde de hoje, em decorrência de síndrome respiratória aguda grave.

    21. 2° tenente da RR Raimundo Monteiro Ferreira, 80 anos, veterano, 30/04/2020. O militar estava internado em um Hospital particular de Belém, com quadro de Covid-19, na manhã de hoje seu estado de saúde se agravou e o policial faleceu por complicações relacionadas à doença.

    22. Subtenente PM Daniel Gonçalves da Silva, 48 anos, BMUS, 30/04/2020. O militar foi internado na unidade médica após apresentar sintomas do novo coronavírus. Na noite de ontem, o estado de saúde do militar se agravou e ele faleceu. De acordo com o atestado de óbito, a razão do falecimento é síndrome respiratória aguda grave com suspeita de Covid-19.

    23. 1º PM sargento PM Juscelino Rosivaldo Lima Brandão, 53 anos, 29º BPM, 30/04/2020. O militar estava internado após apresentar sintomas da Covid-19. Na noite de ontem, o estado de saúde do militar se agravou e ele faleceu. De acordo com o atestado de óbito, a razão do falecimento é síndrome respiratória aguda grave.

    24. 3º sargento PM RR Maria Luciete Ferreira Castro, 57 anos, CVP, 02/04/2020. A militar estava internada na unidade de saúde e faleceu neste sábado em decorrência de complicações respiratórias relacionadas à Covid-19.

    25. 1º sargento PM Dailton Teixeira dos Santos, 50 anos, 1º BPM, 03/04/2020. O militar era diabético e foi internado na unidade de saúde após sentir febre e dificuldade para respirar. Na madrugada de hoje, o estado de saúde do policial se agravou e ele faleceu em decorrência de complicações respiratórias relacionadas à Covid-19.

    26. Soldado PM Wilson Roberto Martel dos Santos, 31 anos, 30º BPM, 04/04/2020. Na madrugada de hoje, o estado de saúde do policial se agravou e ele faleceu em decorrência de complicações respiratórias relacionadas à Covid-19.

    27.  1º sargento PM Renato Nascimento Cordovil, 57 anos, 1º BPM, 03/05/2020. O estado de saúde do policial se agravou e ele faleceu em decorrência de complicações respiratórias relacionadas à Covid-19.

    28. Coronel PM RR João Soares da Silva Neto, 83 anos, CVP, 03/05/2020. Faleceu na tarde deste domingo (3), em um hospital particular de Belém, ele estava internado em decorrência de síndrome respiratória aguda grave. 

    29. Capitão PM Reformado Ércio José Fonseca da Costa, 58 anos, CVP, 03/05/2020. O policial militar estava internado e faleceu na tarde de hoje, em decorrência de síndrome respiratória aguda grave. 

    30. 2º tenente PM RR José Mendes, 81 anos, CVP, 05/05/2020. De acordo com o atestado de óbito, a razão da morte é síndrome respiratória aguda grave com suspeita de Covid-19.

    Mais Recentes da CNN