Impasse em indicação ao STF, vacinação no Brasil e mais da noite de 13 de outubro

5 Fatos Noite, apresentado por Carol Nogueira, repercute as principais notícias do Brasil e do mundo

Da CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

Impasses em indicação de André Mendonça ao Supremo Tribunal Federal (STF), 100 milhões de pessoas com o esquema vacinal completo contra a Covid-19 no Brasil, assassinatos de políticos no Rio de Janeiro, primeira baixa significativa do dólar em mais de dez dias e mais acontecimentos desta quarta-feira, 13 de outubro.

Impasse em indicação de Mendonça

O presidente da Comissão de Constituição e Justiça, Davi Alcolumbre, disse que não aceitará ser ameaçado para marcar a sabatina de André Mendonça, indicado ao Supremo Tribunal Federal. A nota do senador foi divulgada após a declaração de Bolsonaro à CNN, em que o presidente disse que Alcolumbre não segue a Constituição Federal.

Vacinação no Brasil

O Brasil superou a marca de 100 milhões de pessoas com o esquema vacinal completo contra a Covid-19. O país tem mais de 250 milhões de doses aplicadas de vacinas contra o Coronavírus.

Assassinatos de políticos no RJ

Dezenove políticos foram assassinados no estado do Rio de Janeiro entre fevereiro de 2020 e outubro de 2021. Os dados são da Universidade Federal do Rio. A última morte registrada foi a do vereador Alexsandro Silva Faria, conhecido como Sandro do Sindicato. Ele é o terceiro vereador morto no estado neste ano e a polícia investiga o caso.

Baixa do dólar

O dólar fechou na primeira baixa significativa em mais de dez dias. A moeda encerrou o dia cotada a R$ 5.50, após uma intervenção do Banco Central no mercado de câmbio. O Ibovespa encerrou em alta, aos 113 mil pontos.

Ceni de volta ao São Paulo

O São Paulo anunciou o retorno do treinador Rogério Ceni, ex-goleiro do time. O anúncio foi feito após a demissão do técnico Hernán Crespo.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br

Mais Recentes da CNN