Índice desmente governo e mostra Brasil no 49º lugar em vacinação

Brasil alcançou na terça-feira (26) o índice de 0,4 na relação entre o total de doses aplicadas e sua população, segundo cálculos da Agência CNN

CNN Painel da Vacina mostra os países que mais imunizaram sua população no mundo
CNN Painel da Vacina mostra os países que mais imunizaram sua população no mundo Foto: CNN/Reprodução

Julyanne Jucá, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

O CNN Painel da Vacina mostra que o Brasil ocupa o 49º lugar entre os 59 países que já iniciaram a vacinação no mundo. O levantamento é da Agência CNN e da Our World In Data, realizado pela Universidade de Oxford. A colocação do Brasil é bem diferente da informada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na terça-feira (26).

“Já somos o sexto país que mais vacinou no mundo. Brevemente estaremos nos primeiros lugares”, disse Bolsonaro em evento do banco Credit Suisse, em Brasília.

Na terça-feira, quando Bolsonaro colocou o país na sexta colocação entre os que mais vacinaram no mundo, o Brasil ocupava a 47ª posição no ranking. Nesta quarta-feira (27), o Brasil aparece na 49º colocação.

O Brasil alcançou nesta quarta-feira (27) o índice de 0,4 na relação entre o total de doses aplicadas e sua população total, segundo cálculos da Agência CNN com base nas informações divulgadas pelas secretarias estaduais e municipais de Saúde do país.

O índice é uma forma de mensurar o total da população que recebeu pelo menos uma dose. Até a manhã desta quarta-feira, 954.168 brasileiros receberam uma dose da vacina.

De acordo com o levantamento da Our World in Data, Israel é o país que lidera o ranking, com índice de 47,9. Na sequência, aparecem Emirados Árabes (27,1), Seycheles (20,2), Reino Unido (10,8) e o Bahrein (8,5).

Os Estados Unidos são o sexto da lista. Porém, ainda de acordo com a plataforma, o país tem o registro da aplicação do maior número absolutos de doses até o momento em todo o mundo: 23,54 milhões — nessa lista de números absolutos, o Brasil está em 17º lugar.

Segundo integrantes do governo, em sua fala Bolsonaro levou em consideração somente a quantidade de doses aplicadas a partir do início da vacinação no Brasil, ignorando todo o trabalho já realizado anteriormente nos demais países.

Mais Recentes da CNN