Já emitimos mais de R$ 100 milhões em multas por queimadas, diz governador de MT

Mauro Mendes fala sobre situação das queimadas na região do Pantanal

Da CNN

Ouvir notícia

O estado de Mato Grosso já emitiu mais de R$ 100 milhões em multas por queimadas na região do Pantanal, afirmou o governador Mauro Mendes (Democratas) à CNN. O estado decretou calamidade pública por conta dos incêndios na segunda-feira (14) e aguarda apoio do governo federal nas próximas horas.

“O fogo dificilmente começa sozinho, alguém provocou isso em algum lugar. Pode ser por acidente ou criminoso. A diferença é que hoje, o estado de Mato Grosso tem tecnologia e imagens de sistema que recuperamos a cada 24 horas que conseguimos saber exatamente o momento que começaram estes grandes incêndios. Já emitimos mais de R$ 100 milhões em multas para aqueles que começaram, comprovadamente, o incêndio”. 

Mendes criticou a burocracia dos ritos que devem ser seguidos para a aplicação de uma multa nestes casos. De acordo com ele, o processo atrapalha e não contribui para a investigação dos combates aos incêndios. 

Leia também:

Queimadas no Pantanal: 5 respostas para as perguntas mais comuns

‘O Inpe está se contradizendo’, afirma Mourão sobre queimadas na Amazônia

Incêndios estão levando a Amazônia a um ponto sem volta

Pantanal: dormitório das araras-azuis é preservado, mas fogo acaba com entorno

Mauro Mendes
O governador do Mato Grosso, Mauro Mendes (Democratas)
Foto: Reproduçao/CNN

“Para você aplicar uma multa, a legislação brasileira pede um rito para que isso aconteça. Por isso [o que atrapalha], lamentavelmente é a burocracia deste país. Nós tínhamos que acabar com tanta lei que existe, e aí gera um emaranhado de burocracias e isso beneficia principalmente quem gosta de fazer coisa errada. Nós temos que fazer isso porque, lá na frente toda esta multa pode ser declarada nula pela Justiça (…) Lamentavelmente estas multas são lentas e demoram muitos anos”, explica.

O governo federal vai anunciar R$ 3,8 milhões ao Mato Grosso do Sul para o combate às queimadas no Pantanal. Já em Mato Grosso, o apoio é esperado nesta quarta-feira (16), após a visita do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho.

“Nós vamos receber nesta quarta o ministro Rogério Marinho e me parece que a ministra Tereza Cristina vem junto dele. (…) Nós pedimos, sim, ajuda do governo federal e nós precisamos de todo o tipo de ajuda. Nós já investimos mais de R$ 20 milhões em equipamentos e estamos investimos mais. (…) E eu tenho certeza que hoje, com esta visita do ministro, nós esperamos ter o apoio do governo federal”, afirma.

E finaliza: “Nós estamos fazendo tudo que é possível e até o limite do impossível. Nós temos mobilizado várias equipes do Corpo de Bombeiros e voluntários atuando na região do Pantanal. (…) Estamos dobrando esta infraestrutura para combater o incêndio no Pantanal e em outras regiões do estado, já que este é um problema muito comum esta época.”

(Edição: André Rigue)

Mais Recentes da CNN