Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Justiça decreta prisão preventiva de mulher que sequestrou bebê de três meses em SP

    Criança foi raptada no último sábado (2) e encontrada por policiais militares no Brás na manhã do domingo

    Delegacia do Brás, região central de São Paulo, responsável pela investigação de sequestro.
    Delegacia do Brás, região central de São Paulo, responsável pela investigação de sequestro. Reprodução/Google Maps

    Victor Aguiarda CNN*

    A mulher de 27 anos presa em flagrante no último domingo (3) por sequestrar um bebê de três meses teve a prisão preventiva decretada pela Justiça. Ela já tinha um mandado de prisão em aberto pelos crimes de furto e roubo. Agora, ela foi indiciada por sequestro e cárcere privado.

    Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP), a criança estava desaparecida desde o sábado (2) e, no domingo, agentes da Polícia Militar foram acionados durante a manhã para investigar uma denúncia de sequestro. Ao chegarem à avenida Alcântara Machado, no Brás, região Central de São Paulo, encontraram uma mulher que carregava uma criança de colo.

    “Questionada, ela informou que não era a genitora da criança, porém a mãe a teria deixado sob seus cuidados”, afirmou a Polícia Militar à CNN.

    Os agentes realizaram uma pesquisa junto aos bancos de dados, e constataram haver uma queixa de sequestro com fotos da criança. Os policiais, então, encaminharam a suspeita e o bebê ao 8º DP (Brás).

    Segundo a mãe, que também compareceu à delegacia, ela havia saído para fazer compras e deixou os filhos sob cuidados da sequestradora. A mulher saiu da casa e levou a criança. Na delegacia, foi registrado um boletim de ocorrência por sequestro e cárcere privado. A identidade da mulher não foi divulgada.

    *Sob supervisão de Felipe Andrade