Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Justiça mantém prisão de suspeito de matar argentina em Búzios

    Florencia foi assassinada a facadas enquanto passeava com o seu cachorro em uma trilha que dava acesso a uma praia

    Turista argentina foi encontrada morta em Búzios (RJ)
    Turista argentina foi encontrada morta em Búzios (RJ) Divulgação/Guarda Municipal de Búzios

    Thais Magalhãesda CNN*

    São Paulo

    A Justiça do Rio de Janeiro converteu em preventiva a prisão do suspeito do assassinato da turista argentina Florencia Aranguren, na praia de José Gonçalves, em Búzios (RJ). O caso aconteceu na última quarta-feira (6).

    Segundo a decisão, ele possui antecedentes criminais, o que tornou a prisão preventiva uma medida para evitar novos delitos.

    Florencia foi assassinada a facadas enquanto passeava com o seu cachorro em uma trilha que dava acesso a uma praia.

    A Polícia Militar encontrou o suspeito se lavando dentro de um condomínio próximo ao local do crime. Durante a revista, foram identificados arranhões, marcas de luta corporal, além de manchas de sangue em sua roupa.

    O suspeito alegou que tinha sido assaltado por dois homens, mas quando os policiais levaram o acusado até o local do crime, se surpreenderam com a reação do cachorro da vítima, que passou a latir para o acusado.

    *Com informações de Ana Coelho