Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Onda de calor em São Paulo eleva demanda e provoca queda de energia em bairros da capital

    Moradores de Pinheiros, Moema e Santa Cecília relataram falta de luz durante a tarde. Energia já foi restabelecida

    Marcos Rosendoda CNN

    Em São Paulo

    A onda de calor que fez São Paulo bater o recorde histórico de alta temperatura do ano, com 37,8°C, segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas (CGE) da prefeitura da capital, pode ter influenciado a interrupção de energia elétrica em alguns bairros da cidade de São Paulo.

    Moradores relataram queda de energia no bairros de Pinheiros, na Zona Oeste, Moema, na Zona Sul e Santa Cecília, na região central.

    A Enel afirmou em nota à CNN que às 16h47 e às 18h31 desta segunda-feira (13) “ocorrências externas à rede da Enel, registradas no Sistema Interligado Nacional, impactaram o fornecimento de energia para parte dos clientes”.

    A ISA CTEEP, que opera a transmissão de energia em São Paulo, disse à CNN que não houve “falha de tensão”, nem oscilações em suas instalações.

    Segundo a empresa, foram registradas “elevações abruptas” da carga da distribuidora, sobretudo na região da Avenida Faria Lima, na região Oeste, que teve um aumento de 36% de demanda por energia em relação à semana passada.

    As altas temperaturas possivelmente causaram a elevação de demanda por energia, o que provoca a redução no perfil de tensões de atendimento aos consumidores, de acordo com a ISA CTEEP.

    Todos os problemas de queda de energia na capital foram solucionados em menos de duas horas e o sistema funciona sem oscilações neste momento, segundo a Enel.