Pedido de toque de recolher nacional, promessa de vacina e mais de 1º de março

As notícias mais importantes da noite desta segunda-feira, 1 de março de 2021.

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

O pedido dos secretários de Saúde do país para que seja decretado toque de recolher para conter o avanço dos casos de Covid-19 e o anúncio do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de que o Brasil terá 22 milhões de doses de vacina este mês são alguns dos destaques da noite desta segunda-feira, 1º de março de 2021.

Medidas

O Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) pediu toque de recolher em todo o Brasil das 20h às 6h e, durante os finais de semana, o fechamento de praias e bares e a suspensão das aulas presenciais, entre as medidas sugeridas em uma carta para evitar o caos no sistema de saúde por causa da pandemia de Covid-19.

Fé essencial

O governador de São Paulo, João Doria, assinou decreto que reconhece atividades religiosas como serviço essencial no estado. O tucano disse que, obedecidos os critérios sanitários e de proteção, as igrejas podem funcionar com regularidade.

Mais vacinas

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que o Brasil está comprando vacinas à medida em que a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprova o uso dos imunizantes, e que, neste mês, o país terá mais 22 milhões de doses. As declarações foram dadas durante conversa com apoiadores

Condenado

A justiça da França condenou o ex-presidente Nicolas Sarkozy a três anos de prisão. O político foi considerado culpado nas acusações de tentativa de suborno de um juiz e tráfico de influência. Ele tem 10 dias para recorrer.

Bye, bye, Brasil

A Sony confirma a saída do mercado brasileiro neste mês. TVs, câmeras e produtos de áudio deixam de ser vendidos no fim de março e a fábrica da empresa em Manaus será fechada. O segmento de videogames, garantia e assistência técnica de eletrônicos serão mantidos no país.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em https://newsletter.cnnbrasil.com.br 

Tópicos

Mais Recentes da CNN