Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Polícia da Bahia localiza 35 lideranças de facções no primeiro trimestre de 2024

    Cinco destes criminosos foram localizados em outros estados

    Forças de segurança da Bahia miram facções criminosas que atuam no estado
    Forças de segurança da Bahia miram facções criminosas que atuam no estado SSP-BA/Divulgação

    Camila Tíssiada CNN

    Em Salvador

    Nos primeiros meses deste ano, 35 lideranças de facções atuantes na Bahia foram localizadas pelas forças de segurança do estado. O número parcial se aproxima do total do ano passado, quando 33 lideranças foram encontradas.

    O dado foi apresentado nesta terça-feira (23) pelo secretário de Segurança Pública Marcelo Werner, em Salvador.

    No mesmo período, também foram apreendidos 19 fuzis, além de outras armas, carregadores e coletes encontrados com criminosos.

    Werner ressaltou durante a apresentação a intensificação policial nos bairros de Periperi, Vila Verde e Lobato, que vêm sofrendo constantes tiroteios por conta da disputa de território entre grupos rivais.

    “Importante destacarmos também as lideranças encontradas. Entre os localizados, dez integravam o Baralho do Crime da SSP e cinco destes foram localizados em outros estados, como Rio de Janeiro, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Sergipe e Espírito Santo”, acrescentou Werner.

    O caso mais recente aconteceu nesta segunda-feira (22), com a prisão de Uelquer Silva de Araújo, o “Porquinho”.

    Por medo, alguns moradores chegaram a relatar a mudança de bairros periféricos da capital baiana. Também durante a coletiva, o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Paulo Coutinho, enfatizou que o Estado não permitirá que a população fique refém de criminosos. “Seguiremos atuando com firmeza e ao lado das comunidades”, completou o oficial.

    Já o trabalho de inteligência foi enfatizado pela delegada-geral da Polícia Civil, Heloísa Brito. “Capturamos foragidos da Justiça em outros estados. Nã