Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Recife não descarta lockdown, desde que adotado no momento certo

    Prefeito Geraldo Júlio (PSB-PE) diz que isolamento total, se for adotado, ocorrerá quando as evidências científicas apontarem que a medida será eficicaz

    Ouvir notícia

    O prefeito de Recife, Geraldo Júlio (PSB-PE), afirmou nesta sexta-feira (8) que não descarta adotar o lockdown, o fechamento completo da cidade, mas que a medida tem uma função muito clara e deve ser adotada da maneira adequada.

    Em entrevista à CNN, ele disse que o município analisa e toma todas as decisões com base em argumentos científicos. “No momento certo, o lockdown terá um papel a cumprir”, afirmou.

    “Eu li algumas afirmações que o bloqueio total seria suficiente para evitar o colapso do sistema de saúde, mas isso não aconteceu nem nos países ricos, talvez não seja suficiente”, completou Júlio. “Ele [lockdown] é necessário e na hora certa deverá ser feito. E não só aqui, mas em vários estados brasileiros.”

    Ele disse ainda que as medidas de isolamento, iniciadas na cidade em março, ajudaram a diminuir o número de contágios e mortes em até 12 vezes, se comparado, por exemplo, com Nova York, que só adotou práticas semelhantes em momento mais avançado da doença.

    Assista e leia também:

    Entenda a diferença entre isolamento social e lockdown

    Recife diz que monitora aglomerações por meio de celulares

    Sobre a capacidade dos leitos de UTI no município estar em 99%, Geraldo Júlio afirmou que foram abertos mais de mil leitos na cidade, mas vê com “muita preocupação” a situação atual.

    “A preocupação com o sistema de saúde sobrecarregado existia desde o início, nós ampliamos esse sistema, e dobramos a quantidade de UTIs na cidade”, disse. “Essa situação já teria acontecido um mês atrás sem o isolamento, que teve um papel muito importante.”

    O prefeito reforçou a necessidade de a população respeitar as medidas de isolamento e distanciamento social para diminuir a sobrecarga do sistema de saúde.

    Mais Recentes da CNN