Salvador não terá lavagem da escadaria da Igreja do Senhor do Bonfim

Depois de cancelar o carnaval de rua, o prefeito da capital baiana, Bruno Reis, anunciou também o fim da tradicional cerimônia

Raphael Coraccinida CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM-BA), anunciou nesta quinta-feira (6) que, pelo segundo ano seguido, a cidade não vai contar com a tradicional cerimônia da lavagem da escadaria da Igreja do Senhor do Bonfim.

À CNN, o prefeito disse que o cancelamento desse e outros eventos, além da proibição aos blocos de rua no Carnaval de Salvador, tem a ver com “um aumento expressivo de casos de Covid-19”.

Ele também destacou “diversas pessoas que estão com a Influenza, além de muitas com infecção intestinal, e fortes chuvas que a Bahia e Salvador vem enfrentando” como motivos para suspender os eventos.

“Todo esse cenário fez a gente tomar a decisão de não realizar o carnaval nos moldes tradicionais e algumas festas, como a tradicional lavagem da Escadaria do Senhor do Bonfim, que ocorre na segunda quinta-feira do ano”, disse. A cerimônia deveria ocorrer no próximo dia 13.

Bruno Reis destaca que o avanço da Covid-19 nos primeiros dias de 2022 “é um fato”, mas diz que esse aumento de casos não impactou, pelo menos por enquanto, o sistema de saúde da capital baiana.

Mais Recentes da CNN