Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Sargento do BOPE de 32 anos é morto em operação policial na Maré, no Rio

    Outro policial foi baleado e quinze criminosos foram presos

    Pedro Pupulimda CNN*

    O Sargento J. Cruz, policial militar lotado no Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE), foi morto na manhã desta terça-feira (11) durante uma operação da Polícia Militar no Complexo da Maré, na zona norte do Rio de Janeiro. Outro policial foi ferido e seu quadro de saúde é grave, mas estável.

    De acordo com a Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PMERJ), a morte ocorreu durante uma ação do Comando de Operações Especiais (COE) que planejava localizar e prender criminosos envolvidos em roubos nas vias expressas na região da Maré.

    Na ocasião, os policiais do BOPE realizavam patrulhamento em busca do esconderijo das lideranças do grupo criminoso quando foram atacados por homens armados, momento em que o Sargento J. Cruz e outro agente foram feridos. Ambos foram socorridos e levados para o Hospital Federal de Bonsucesso.

    Em nota, o hospital informou que o Sargento morreu logo após sua chegada na unidade. O outro policial, no entanto, foi submetido a uma cirurgia e seu quadro de saúde é grave, mas estável.

    O Sargento J. Cruz tinha 32 anos e ingressou na Polícia Militar em 2011. Ele deixou esposa e três filhos. O sepultamento será nesta quarta-feira (12), no Cemitério Jardim da Saudade, no bairro Sulacap, zona oeste do Rio de Janeiro. O velório está marcado para 13h30 e o sepultamento para 15h30, na capela 8.

    Apreensões

    Segundo divulgação da PMERJ em sua conta oficial no X (antigo Twitter), a operação iniciada nesta manhã resultou na prisão, até o momento, de quinze criminosos. Dois deles foram feridos durante as incursões.

    Além disso, os policiais apreenderam 6 fuzis, 3 pistolas, uma espingarda calibre .12 e grande quantidade de entorpecentes.