Taxa de ocupação de leitos de UTI cai para 87% em Pernambuco

Governo diz que o pico da epidemia aconteceu em maio

Ouvir notícia

Desde a segunda quinzena do mês de maio, o número de casos confirmados, de óbitos e de solicitações de vagas de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) para pacientes com a Covid-19 tem apresentado queda em Pernambuco. 

Na segunda-feira(15), a Central de Regulação de Leitos de Pernambuco registrou a menor taxa de ocupação desde o dia 10 de abril, de 90% caiu para 87%. O percentual indica que, no momento, há 115 vagas de terapia intensiva disponíveis para o tratamento da doença provocada pelo novo coronavírus. Já a taxa de dos leitos de enfermaria está em 57% no estado. 

Leia também:
Sem São João, Maranhão, Bahia e Pernambuco devem ter prejuízo de mais de R$ 1 bi
Mundo ultrapassa marca de 8 milhões de casos de Covid-19, diz universidade

Segundo o Governo de Pernambuco, esses números sinalizam para uma tendência de queda dos indicadores no mês atual. A pasta da Saúde afirmou ainda que o pico de óbitos e casos do novo coronavírus em Pernambuco foi registrado em maio.

Lockdown

O governo de Pernambuco anunciou em maio que não iria prorrogar o lockdown —a quarentena com medidas mais rígidas e restrição de movimento— em Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe e São Lourenço da Mata.

De acordo com o governo estadual, a partir deste mês, as cidades seguirão as mesmas regras de isolamento válidas para o restante do estado. O motivo, diz o governador Paulo Câmara (PSB), é que dados preliminares mostraram uma estabilização da pandemia e, portanto, as medidas de quarentena não serão prorrogadas.

Mais Recentes da CNN