Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Troca no comando da Caixa, fim da greve em SP e mais de 29 de junho

    Daniella Marques Consentino é nomeada presidente da instituição, substituindo Pedro Guimarães, denunciado por assédio

    Daniella Marques assume o lugar de Pedro Guimarães como presidente da Caixa
    Daniella Marques assume o lugar de Pedro Guimarães como presidente da Caixa Reprodução/ CNN Brasil

    Da CNN

    Ouvir notícia

    A nomeação de Daniella Marques Consentino para a presidência da Caixa, após denúncias de assédio contra o então presidente e o seu consequente pedido de demissão, e o fim da greve de ônibus na capital paulista estão entre os assuntos desta quarta-feira (29).

    Nova presidente da Caixa

    O governo nomeou a atual secretária especial de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia, Daniella Marques Consentino, para assumir a presidência da Caixa Econômica Federal. A informação já havia sido antecipada por Thais Arbex, analista de Política da CNN.

    A nomeação ocorre após a oficialização do pedido de demissão do então presidente do banco, Pedro Guimarães, que estava no cargo desde o início do governo do presidente Jair Bolsonaro (PL), em 2019.

    Fim da greve

    O diretor do Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano de São Paulo, Nailton Francisco, confirmou à CNN o fim da greve de ônibus na capital paulista. A entidade acatou totalmente a decisão do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) e informou que parte de seus pedidos foram atendidos.

    Apesar de terem garantido o reajuste salarial de 12,75% na última paralisação, realizada há duas semanas, os trabalhadores afirmam que outras reivindicações não foram atendidas, como hora de almoço remunerada, PLR, adequação de nomenclaturas e plano de carreiras do setor de manutenção.

    CPI do MEC

    Em uma entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira (29), o presidente do SenadoRodrigo Pacheco (PSD-MG), explicou quais devem ser os próximos passos na Casa Legislativa em relação aos requerimentos encaminhados para abertura de comissões parlamentares de inquérito, incluindo a CPI do Ministério da Educação.

    “Sobre o que cabe à Presidência do Senado fazer neste instante, que é a reunião dos requerimentos, avaliação de cada um deles, uma decisão, isso será feito até o início da semana que vem”, afirmou Pacheco.

    Caso Dom e Bruno

    O delegado Alex Perez, da Polícia Civil (PC) de Atalaia do Norte, informou que os trabalhos de reconstituição do assassinato do jornalista britânico Dom Phillips e do indigenista Bruno Pereira já começaram.

    Nesta primeira etapa, participam Amarildo Oliveira e Jeferson Lima, com os respectivos barcos. Além disso, as equipes de segurança utilizam a embarcação que era usada por Bruno e Dom e que foi recuperada e periciada. Um motor novo foi instalado nela.

    Otan x Rússia

    Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) concordou em colocar mais de 300 mil soldados em alta prontidão a partir de 2023, acima dos 40 mil anteriores, uma nova formação militar projetada para melhor combater a Rússia, o país que a aliança designou como a maior ameaça.

    A medida substitui a Força de Resposta da Otan, que foi durante anos a primeira a responder a qualquer ataque russo ou outra crise. O novo modelo assemelha-se à forma como as forças da Otan foram organizadas durante a Guerra Fria.

    Newsletter

    Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br

     

    *Publicado por Renata Souza

    Mais Recentes da CNN