Bolsonaro assina MP que destina R$ 20 bilhões para compra de vacina

'Logo tenha uma vacina certificada pela Anvisa, estará disponível para todos do Brasil, de forma gratuita e voluntária', disse

Anna Satie, da CNN, em São Paulo
17 de dezembro de 2020 às 11:13 | Atualizado 18 de dezembro de 2020 às 06:25


O presidente Jair Bolsonaro assinou na manhã desta quinta-feira (17) uma MP que destina R$ 20 bilhões para a compra de vacinas contra a Covid-19. 

"Logo tenha uma vacina certificada pela Anvisa, estará disponível para todos do Brasil, de forma gratuita e voluntária", frisou durante cerimônia no Palácio do Planalto. 

Leia também:

Bolsonaro minimiza desentendimentos e prega união ao lançar plano de imunização

5 perguntas sobre vacinação contra Covid-19 que devem ser respondidas no Senado

Presidente Jair Bolsonaro (sem partido) durante evento
Foto: CNN Brasil (26.nov.2020)

Durante o mesmo evento, foi empossado o novo ministro do Turismo, Gilson Machado.

O valor deve ser usado para adquirir as candidatas de Oxford, Pfizer, Moderna e a Coronavac, além de seringas, agulhas, logística, ccomunicação e "todas as despesas que sejam necessárias para vacinar a população", disse o governo em comunicado.

Conforme anunciado nesta quarta (16), o Plano Nacional de Imunização planeja a compra de 350 milhões de doses, o que seria suficiente para vacinar 175 milhões de pessoas.  

O governo ressaltou que, embora a medida seja enviada ao Legislativo para confirmação, os recursos ficam disponíveis imediatamente e já podem ser utilizados pelo Ministério da Saúde.

A medida já foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União.