Governo avalia recurso contra decisão de Lewandowski e aposta em Fux

Governo aposta que o presidente da Corte, Luiz Fux, um crítico de decisões monocráticas, acataria sem maiores dificuldades um recurso

Caio Junqueira
Por Caio Junqueira, CNN  
17 de dezembro de 2020 às 20:08
Governo avalia ação contra decisão do ministro do STF Ricardo Lewandowski
Foto: Rosinei Coutinho - 05.dez.2019 / SCO - STF

O governo avalia entrar com um recurso contra as decisões do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Ricardo Lewandowski desta quinta-feira (17) que, na prática, liberam estados e municípios a terem planos de vacinação próprios.

Leia também:

SP muda posição e diz que pedirá autorização para uso emergencial da Coronavac

O que se sabe sobre os casos de reações alérgicas à vacina contra Covid-19?

A decisão ainda não está tomada, mas o governo aposta que o presidente da Corte, Luiz Fux, um crítico de decisões monocráticas, acataria sem maiores dificuldades um recurso que levasse a decisão ao plenário. 

Além disso, há a leitura de que a relação do governo com Fux melhorou muito nas últimas semanas.

Destaques do CNN Brasil Business:

Strada, Tracker e elétrico da Audi: relembre carros lançados em 2020 no Brasil

Governo prevê salário mínimo de R$ 1.088, mas valor pode ter que ser maior

Bitcoin e criptomoedas: entenda o que são e como investir

O governo considerou um gesto importante o que Fux fez ao liderar a reversão do placar e votar contra a possibilidade de reeleição dos presidentes das mesas do Congresso, principalmente porque essa decisão acabou por fragilizar e muito Rodrigo Maia (DEM-RJ), ainda considerado o principal adversário do governo.